terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal!

Queria desejar aqui uma boa consoada e um feliz Natal.
Que estejam com os que amam e se divirtam nesta ocasião. E sejam felizes (eu sei que vou ser porque sou gulosa)!

Sobre o Natal participei numa rubrica no blog da Wendy, podem ver aqui.


Com amor,
A Marquesa.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Motivação

Rudolfo todo natalício
o ano passado
Só mais 16h e entro nas férias de natal!

Faz-me tanta impressão ser já dia 20 e ainda estar longe da minha família...
Mas amanhã é dia de frequência, últimas compras cá na capital e depois rumo à "terra" ver os papás, o meu irmão e o meu lindo Rudolfo!












Um bom fim de semana,
A Marquesa.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Luto

 Sinceramente este post vai ser num tom bastante chateado porque acabei de ler no facebook um estado de um caloiro do meu curso a dizer que a praxe do nosso curso era uma farsa porque hoje na Lusófona houve um abraço de esperança, em honra dos 6 alunos que infelizmente faleceram no mar da praia do Meco, e só três pessoas do nosso curso é que foram.

 Primeiro, é preciso explicar que no meu curso a praxe consiste apenas na primeira semana e depois em mais dois eventos (Tribunal de Praxe e Enterro do caloiro/Traçar da capa dos pastranos). Todos esses necessitam preparação e planeamento prévios por parte de toda a comissão de praxe.
Não temos quintas-feiras negras nem mais actividades de praxe simplesmente porque no nosso curso é impensável.
Os alunos de 3º,4º e 5º ano (os que podem praxar) têm aulas de grandes animais que são leccionadas fora da faculdade (em quintas e explorações) todas as semanas. E todas as turmas são em dias diferentes. Por outro lado a nossa avaliação prática é contínua o que implica que temos testes todas as semanas e precisamos de nos preparar para estes.
Sendo assim, percebo que os caloiros quando falem com pessoas de outras faculdades e cursos pensem que nós somos preguiçosos e que os eventos académicos são só esses três, mas a verdade é que tentamos incutir o espírito embora não possamos ter a praxe sempre presente.

 Segundo, acredito que cada um deve ter a liberdade de fazer o luto como quiser. Conheço quem não acredite bem no luto ou que prefira uma introspecção mais indívidual e não cerimónias colectivas.

 Terceiro, embora as minhas condolências vão para as famílias e amigos daqueles que morreram não posso dizer que este luto tenha tanto significado para mim como para eles. Claro que a nossa comunidade académica deve ser unida e queremos mostrar a nossa compaixão para com os outros cursos, principalmente os colegas mais próximos, dos que sofreram a tragédia. Mas daí a ser hipócrita e dizer que aquilo me afecta tanto só por causa do mediatismo como algumas pessoas que conheço vai um grande passo.
Aquele argumento do "Se foste tu gostavas de saber que as pessoas se importavam!" para mim não faz sentido. Sinceramente, ter pessoas que não sabem nada sobre mim a fazer luto não me importa. As únicas pessoas que gostava que se importassem são as que conheço, as que amo, porque acredito que fiz alguma diferença na sua vida e que realmente vão sentir a minha falta. Que gostam de mim como pessoa ou de algo que eu tenha feito a diferença.
É triste porque eram jovens e realmente podiam ter feito a diferença se o destino tivesse sido diferente. Mas também me entristece a morte, por exemplo, do Nelson Mandela porque realmente sacrificou grande parte da sua vida a lutar pelos oprimidos e conseguiu fazer diferença no mundo, mesmo sem nunca o ter conhecido.

Desculpem o desabafo mas hoje tinha mesmo que ser...
Ainda por cima esta noite que só tenho ainda 4/5 da matéria do teste de amanhã para estudar e um trabalho para fazer praticamente do zero.

Cumprimentos,
A Marquesa.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

The Hobbit - A Desolação de Smaug

Quem me conhece sabe que sou um pouco geek no que toca ao universo Tolkien (ou melhor, à Middle Earth de Tolkien).
Na passada 5ª feira fui com o meu namorado e os amigos dele ver o segundo filme do Hobbit. Eles também partilham esta minha paixão, por isso vêm mesmo complementar o meu grupo de amigos, em que quase ninguém liga ao Senhor dos Anéis.
Eu e o Kili antes do filme começar
(foto tirada pelo meu namorado awesome)
Para quem leu os livros, como foi o caso de muitos de nós, ficou um bocado desiludido pelo filme se ter afastado muito da história ao trazer o Legolas e toda a história do Kili e Tauriel.
Porém, continua a ser um excelente filme. Tem todo o espírito dos livros e da triologia do Senhor dos Anéis e os efeitos especiais estão qualquer coisa! Foi a primeira vez que fui ao IMAX e devo dizer que valeu a pena para este filme! Todo o efeito do Smaug a andar pela sala do tesouro estava muitíssimo bem feito.
Agora é esperar pelo ano que vem para ver a última parte da triologia... É daquelas coisas em que por um lado estou ansiosa, mas por outro deixa-me triste a saga acabar.

Há mais alguém que tenha visto o filme por aqui? Que acharam?

P.S. Adorei a música dos créditos, é simplesmente linda e ainda por cima cantada na voz do Ed Sheeran.


Com amor,
A Marquesa.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Luísa

Não me perguntem porquê mas estou viciada nesta música!


Sei que não é nada especial mas é fofinha e ficou-me na cabeça... Só com o meu nome é que não há nenhuma música dedicada :P



Esta semana vai ser a doer, tenho um trabalho para entregar com pelo menos 15 referências bibliográficas, três avaliações e para rematar no sábado tenho frequência...
Dói não dói? (não) estudasse!

Com amor,
A Marquesa.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Jantares de Natal

 Este foi o primeiro ano em que tive jantares de natal com amigos.
 Adorei e espero repetir a experiência todos os anos!
 Já sabia o que era a troca do Amigo Secreto (ou Secret Santa na versão original), mas nunca tinha entrado numa. Devo dizer que fiquei fã! Para além de só gastarmos dinheiro numa prenda e recebermos outra, tem o lado divertidíssimo de encontrar algo certo para a pessoa de acordo com alguma "inside joke" e ao abrir as prendas uma de cada vez é um ínicio de jantar hilariante!
 Adoro mesmo o mês Dezembro por ser todo já com espírito natalício e de festa. Embora ainda tenha aulas (e pior, avaliações) até dia 21...
 Mas pelo lado positivo, já só faltam menos de 2 semanas para a noite de Natal!

Uma boa semana,
A Marquesa.



segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

O que me impede de ter melhores notas ou As minhas séries favoritas II

The Walking Dead

Esta foi uma daquelas séries que nem me puxava muito quando ouvi falar dela, mas logo no 1º episódio conseguiu cativar-me.
Basicamente conta a história de Rick Grimes, um xerife que durante um confronto com delinquentes é atingido por um tiro e fica durante uns dois meses em coma.Quando acorda o mundo que conhecia está virado do avesso.
Tinha começado uma epidemia, os chamados Zombies.
Sem saber onde está a família ele ruma à sua procura encontrando alguns sobreviventes à sua passagem que lhe contam o que aconteceu durante os seus meses de inconsciência.

As minhas personagens favoritas são: a Carol, o Daryl e o Glenn (na imagem à direita com a Maggie, também muito badass).

A série tem algum sangue e violência à mistura, mas o que realmente prende e a verdadeira mensagem da série é a reacção humana perante uma catástrofe destas.
Enquanto uns se unem e são altruistas, há quem procure o poder e outros simplesmente egoístas que não se importam de matar pessoas inocentes e saudáveis para obterem o que querem.

A única "crítica" a fazer é que gostava que eles explorassem mais a natureza deste vírus que os transforma em Walkers, talvez aconteça mais à frente na série.. Agora estão preocupados em sobreviver, coitados!

E vocês, vêem e gostam desta série? Quais as vossas personagens favoritas?

Uma boa semana,
A Marquesa