terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Objectivos em que vou estar a trabalhar em 2015

Como o meu D. diz, definir desejos para fazer a partir de determinada data é estúpido.
Porque se realmente o queremos tanto, então todos os dias estamos a trabalhar para eles. Acho que isso é a diferença entre "querer" e "desejar".
 Decidi então mostrar-vos a lista de coisas em que estou a trabalhar de momento, e por conseguinte, irei continuar a trabalhar em 2015.

  • Ser menos rancorosa
  • Estar mais atenta aos que me rodeiam
  • Ligar mais ao mundo real que ao virtual
  • Ser menos preguiçosa
  • Não ter vergonha de fazer o que está certo e defender as causas justas
  • Comer menos carne
  • Ser mais activa
  • Dedicar mais tempo aos que adoro
  • Levar o meu amor aos sítios que prometi cá em Leiria
  • Diminuir o meu "lado lunar"
  • Dedicar-me mais à escrita nos meus tempos livres

Basicamente estou a trabalhar mais no melhoramento de mim mesma. Porque acredito que conseguimos mudar um pouco daquilo que somos com esforço, treino e dedicação.


Espero que no próximo ano também trabalhem para fazerem de vocês mesmos e do mundo um lugar melhor. E também vos desejo as maiores felicidades, claro! :)


Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Fantasmas (vivos) do passado

Hoje na biblioteca fiquei na mesma mesa que uma rapariga que em tempos foi minha amiga.
Temos uma amiga em comum, por isso desde que a nossa amizade se foi que de vez em quando a vejo.
Sinto sempre vergonha assim que a vislumbro.
Porque embora tenha passado quase uma década, e na altura eu tivesse uns meros 13 anos, feri os sentimentos dela ao ter uma "curte" com o rapaz de quem ela gostava. Mesmo não gostando dele e sendo para fazer ciúmes ao miúdo que gostava na altura.
Estúpida, estúpida, estúpida.
Seguimos ambas as nossas vidas, mas sei que ela há-de lembrar-se do mesmo de cada vez que me vê.
E eu fico só com vontade de fugir.

Mas pelo menos serviu-me de lição para a vida: Quando duas pessoas se envolvem sem ser por amor mútuo, há sempre alguém que se magoa. Muitas das vezes essa pessoa nem é nenhum dos dois.



Espero que tenham iniciado bem a vossa semana!


Com amor,
A Marquesa

sábado, 27 de dezembro de 2014

My Prince Charming is coming to town!

O ano passado ele apareceu de surpresa aqui em casa na manhã de dia 26.
No castelo de Leiria
Lembro-me de apesar de surpreendida, ficar super feliz e emocionada. Foi o dia em que pusémos o cadeado com os nossos nomes numa ponte em Leiria.
 Este ano foi planeado. Fui eu quem o foi buscar à estação (com um ramo de flores, que estes mimos não são só para meninas) e que programou o percurso desse dia.
Mais uma vez fomos a Leiria, que eu tenho tantos lugares para lhe mostrar, pois a própria cidade é como se fosse uma segunda casa.
 Em primeiro lugar fomos ver o nosso cadeado, tirámos uma foto com ele e o engraçado é que na volta vimos um senhor, que fotografava ali os patos perto do rio, a tirar-lhe uma foto também!
Visitámos o castelo, coisa que eu já não fazia há mais de uma década. Uma tontice porque aquilo é lindo, com uma óptima vista sobre toda a cidade e agora a entrada até é gratuita.
 Tomámos café com uma amiga nossa, a que nos apresentou um ao outro até, e depois fomos para minha casa para a troca de prendas.
 Adorei o candeeiro com fotos nossas e parte da letra da nossa música que ele me deu, assim como ele adorou o desenho (muito especial)
que eu lhe tinha prometido fazer.
  Custou imenso despedir-me dele, mas dia 30 irei ter com ele, por isso nem dá para estar triste.

Agora vou aproveitar estes dias para estar com os meus amigos e família de cá, antes de entrar no Ano Novo com ele.


Espero que tenham tido um bom Natal!
E se não escrever antes, desejo-vos uma óptima entrada em 2015!


Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal!

Queria só deixar aqui os desejos de um Feliz Natal!
Se calhar já vou tarde, que pelo menos eu já acabei as festividades com a família e estou de regresso ao estudo...

De qualquer maneira, desejo-vos muito amor, alegria, compaixão e saúde neste Natal e para todos os outros dias do ano :)



Com amor,
A Marquesa

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Prós e Contras de estudar em casa

O resultado da experiência dos meus primeiros dias de estudo destas "férias".

Prós:
  • Não perco tempo nas viagens
  • Não tenho de andar a arrumar e carregar as tralhas
  • Comida caseira/ não gasto muito dinheiro em refeições
  • A casa de banho não é pública
  • Posso usar Uggs (não as uso em público porque acho-as feinhas, mas realmente é como ter uma lareirinha em cada pé)
  • Não me distraio na conversa com ninguém
  • Posso dançar ou fazer exercício quando me apetecer para aquecer e desanuviar


Contras:
  • É menos produtivo
  • É anti-social





Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

A minha família do lado paterno sempre foi unida.
A minha avó teve 3 filhos e 1 filha. Esses deram-lhe 10 netos. Somos próximos, tendo o mais velho 24 e o mais novo 8 anos.
Desde pequenos que passamos a consoada juntos. Depois de jantar apresentamos aos nossos pais um teatro, músicas, jogos, concursos e acabamos com o "A Todos Um Bom Natal" e depois lá vem alguém vestido de Pai Natal (mesmo que já há uns 4 anos ninguém "acredite" nele) que distribui os presentes.
Este Natal vai ser diferente.
Infelizmente o meu pai e tios sentem-se muito desiludidos e atraiçoados pelo cunhado deles. Eu não vou entrar em pormenores, até porque só sei um dos lados da história, mas há mesmo provas que o meu tio não honrou a palavra dele e que o fez por ganância.

Como a minha avó já tinha dito que este ano, não se anda a sentir muito bem e preferia que fizessem o jantar noutra casa.
Calhou a um dos meus tios, que se recusou a convidar então a irmã e o cunhado que não consegue ver à frente.

Sei que esta decisão não há-de ter sido tomada de ânimo leve, mas mesmo assim custa-me saber que não vou passar o Natal com 3 dos meus primos. E os meus tios que também adoro.

Só espero que esta "guerra" não dure muito tempo...


Desejo-vos uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Almost there!

E cá chegamos nós ao final da última semana de aulas de 2014.
Estive ontem até às 3.30h da manhã a fazer o trabalho para entregar hoje (não julguem, que desta vez teve mesmo que ser porque tive frequências a semana inteira!) e agora ainda vou estudar para um teste que vou ter daqui a bocado.
 Se não tiver nenhuma surpresa desagradável, com a frequência de ontem fico já com 1 cadeira feita! 8 more to go!



Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
Marquesa

domingo, 14 de dezembro de 2014

Things He Says

"Eu sei que às vezes pensas que pode haver alguma rapariga por aí melhor para mim, mas não há. Pensas isso não pensas?
 Às vezes. 
Não penses amor. 
Está bem.
Não te estou a obrigar apenas não quero que faças isso a ti mesma. Não interessa e nem quero saber se existe alguém ou não porque nunca conseguiriam reparar a falta que tu me farias."

sábado, 13 de dezembro de 2014

Situações Caricatas

 Fui jantar com os meus pais a Leiria.
 Quis ir espreitar a nova Nutelleria a seguir ao jantar (infelizmente estava cheia do jantar e não provei nada) que era ali mesmo ao lado.
 Estávamos os quatro lado a lado a andar quando a minha mãe comenta "Isto é chuva ou é só humidade?" quando uma senhora, que pelos vistos ia atrás de nós, responde "Também achava que era chuva, mas não é não!" E começa a falar sobre o dia dela com a minha mãe a alto e bom som e a minha mãe só anuia com a cabeça e sorria enquanto eu, o meu pai e o meu irmão tentávamos não desatar a rir à gargalhada. Parecia mesmo uma cena dos Apanhados!



Com amor,
A Marquesa



A minha primeira cirurgia!

 É verdade, ontem esqueci-me de dizer que já fiz a minha primeira cirurgia (ovariohisterectomia) numa cadela!
 Chamava-se Bianca, era uma caniche de dois anos e veio de uma associação de animais.
 Foi esterilizada por mim e outra colega minha, com a supervisão de um professor claro.
 Ela era super meiga e fui eu a pôr-lhe o catéter, que consegui logo à primeira e a cirurgia correu bem.
 Estou mesmo feliz e aliviada por ter corrido tudo bem!



Desejo-vos um óptimo fim de semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Sobrecarregada

Cada vez que realmente penso no que me espera nos próximos dois meses, até tremo.

Esta semana tive bastante trabalho. Mas graças ao feriado de 2ª feira consegui organizar-me melhor e ao mesmo tempo festejar o 22º aniversário do meu mais que tudo! Graças aos amigos dele consegui oferecer-lhe a Nintendo 3DS que ele já queria desde que o conheço, principalmente porque há novos jogos Pokemon que não dão para jogar nas consolas mais antigas...
Mas voltando à minha vida universitária: Para a semana vou ter duas frequências práticas super importantes na 2ª, uma apresentação de um trabalho na 3ª, mini-teste na 4ª, frequência teórica final na 5ª, entrega de dois trabalhos e um teste na 6ª. Yap, mesmo animado!
 E vocês dizem "Ah, mas depois entras de férias! É só um último esforço!".
Bem, acho que este ano só me vou dar ao luxo de não estudar nem adiantar trabalho mesmo no dia 25, 31 e 1 de Janeiro. A primeira semana de Janeiro é a última em que tenho aulas este semestre e também é bastante recheada em avaliações.

O que me relaxa um pouco é mesmo poder optar por fazer exame e poder escolher as cadeiras em que faço questão que sejam por frequência (ou seja, tenham mais percentagem de avaliação contínua em si) e dedicar depois a época de exames às restantes.

Só quero que chegue Fevereiro.


Com amor,
A Marquesa.

domingo, 7 de dezembro de 2014

Decoração

Não sou daquelas pessoas que segue blogues de decoração, ou anda sempre a fantasiar e à procura de decorações lindas e originais na internet.
 Mas é do tipo de lojas a que não me importo nada de ir e de dar uma vista de olhos a tudo e todos os pormenores.
Não é tanto ideias para uma divisão em si, mas para objectos necessários no dia a dia e o mais originais e que tenham a ver comigo possível.
Ás vezes fico cheia de vontade de comprar algo na loja, tipo um "conjunto de casa de banho" com o dispensador de sabonete, copos para as escovas de dentes e tudo mais em forma de pinguim para poder decorar a minha futura casa com o meu namorado.
É que acho que é uma seca comprar coisas quando precisamos mesmo delas. Porque aí com o desespero levamos qualquer coisa que sirva (acontece-me o mesmo com a roupa). Gostava de poder acumular algures o que quero e quando chegasse a hora já ter tudo prontinho para equipar o nosso lar! E assim ia estar só com coisas que gostamos mesmo profundamente!

Pelo menos já tenho 2 peças que vão decorar o nosso ninho de certeza, graças à prenda dos nossos 18 meses de namoro que o meu pinguim me ofereceu (percebem agora a cena dos pinguins, certo?).


Espero que estejam a ter um óptimo fim de semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Aquelas pequenas vitórias

Depois de durante toda a semana ter tido falta de tempo para estudar para as avaliações de terça e quarta e entregar os trabalhos necessários, estes correram-me pessimamente mal...
Soube mesmo bem quando dei o litro no estudo para o teste de quinta e chegar ao dito cujo e saber aquilo tudo. Estava mesmo a precisar.
São estas pequenas vitórias que transformam uma semana má numa boa e me fazem ter alento e determinação para a semana que vem, que também não vai ser pêra doce...


Espero que tenham tido uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa



sábado, 29 de novembro de 2014

Bati...

Ontem vinha a caminho de Leiria com a minha colega de faculdade que também é de lá.
Tivémos uma palestra dada por um professor da "Royal Veterinary College" e saímos às 18, o que não costuma acontecer.
 Não gosto de conduzir em hora de ponta, mas era 6ª feira, vinha para casa, ia ver o Salvador Martinha e depois estar com amigas minhas, incluindo uma que está a estudar em Espanha. Estava feliz.
 Saímos da zona de maior tráfego e estávamos a comentar como os carros parados nas filas das estradas ao lado pareciam luzes da árvore de Natal. Desviei o olhar para contemplar esta visão durante 1 segundo... E quando voltei a olhar em frente e vi carros parados não consegui travar a tempo de maneira a evitar a colisão.
 Ficámos bem. Hoje tenho uma ligeira dor de pescoço, mas de resto estou 100% bem. Do meu carro já não posso dizer o mesmo.
 Felizmente o senhor em que bati também ficou bem e o carro pouco danificado.
 Tive a maior sorte da vida por tanto o senhor, os polícias de trânsito e até o senhor do reboque serem super simpáticos e pacatos. Tive também imensa sorte por a minha amiga saber imenso sobre seguros e me dizer o que fazer naquele momento em que parecia estar a sonhar na minha cabeça e não conseguia parar de tremer.
 Estava com medo da reação dos meus pais, mas eles só queriam saber se eu estava bem.

Toda a gente me diz que acontece, que só quem não conduz é que nunca passa por isto, que o que interessa é eu estar bem.
Mas não consigo deixar de pensar naquele segundo em que desviei a minha atenção da estrada. 
Estava com pressa para ir ver o espectáculo e com as minhas amigas, se calhar se fosse mais devagar também o teria evitado.
Tantos "se"s...
Fui tão estúpida. E de pensar que pus em risco não só a minha vida, mas também a da minha amiga e dos condutores e passageiros à minha volta...


Espero que estejam a ter um fim de semana melhor do que o meu!



Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Orgulhosa de mim mesma

Já não se devem lembrar do "Clube dos Workouts", mas a verdade é que (tal como o meu namorado previu) este não durou mais que uma semana, pois começámos a ter avaliações.
 Eu lá continuei a fazer qualquer coisita. Mas frustrava-me não continuar algo de que eu estava a começar a gostar de fazer.
 Coincidência ou não, nesse mesmo post um comentário da A deu-me a conhecer o Blogilates.
 Gostei da simpatia e ânimo da Cassey Ho e quando descobri que ela tinha um calendário de 28 dias com exercícios para principiantes fiquei super entusiasmada com a ideia. Imprimi-o e comprometi-me a completar esse desafio, demorasse o tempo que demorasse.
 Esse dia foi hoje.
Em vez de 28, fiz em 44 dias. Houve semanas caóticas em que não consegui arranjar meia horinha que conseguisse dispensar.
Mas nunca desisti e estou orgulhosa de mim mesma.
 Agora vou em busca do próximo desafio, que descobri que adoro fazer este tipo de exercício físico, que me faz sentir mais enérgica e relaxada no dia a dia.



Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

sábado, 22 de novembro de 2014

The Last Goodbye

Este mundo da Terra Média significa muito para mim.
Desde a minha mãe a contar-nos a história quando eu e o meu irmão éramos pequeninos, à primeira vez que vi os filmes, ao ler os livros (começando pelo Hobbit) e ao rever os filmes conhecendo melhor a história.

Este vídeo emocionou-me imenso, com o Pippin (agora com menos cabelo) a cantar a despedida.
As personagens, as paisagens e a luta pelo bem nunca sairão das minhas memórias.
Um imenso obrigada primeiro a Tolkien por ter criado e partilhado uma história tão bonita e ter criado um universo novo na imaginação de milhões de pessoas e a Peter Jackson e todos os envolvidos nos filmes que tornaram o mundo da imaginação "real".



Há por aí mais fãs d'O Senhor dos Anéis?



Espero que estejam a ter um óptimo fim de semana!



Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Semana do mau dormir

Esta semana foi muito desgastante.
Eu sou daquelas pessoas que precisa de dormir pelo menos 7h por dia para ter o cérebro a funcionar a 100%.
No Domingo dormi super mal nervosa com a avaliação que ia ter 2ª.
Segunda feira dormi mal por causa do meu Porquinho da Índia estar naquele estado.
Terça dormi mal porque ia várias vezes por noite ver se o meu porquinho ainda estava a respirar.
Quarta dormi mal porque com a ida do Muchu ao hospital e a operação dele fiquei sem tempo para estudar para o teste de quinta.
E Quinta (ontem) não dormi de todo porque foi a minha vez e de uma colega minha de fazermos o turno da noite no hospital da faculdade.
Juntamente com outras duas colegas do 5º ano ajudámos uma professora a medicar, monitorizar e fazer tudo o que fosse preciso nos internados.
Tivémos também uma gatinha super instável que acabou por não sobreviver à noite.

Só conseguimos dormir 1 horita, mas gostei da experiência. Enquanto que nas aulas práticas do hospital costumamos ser 20 alunos para 2 ou 3 animais, ali fomos 4 para 5. Deu para aprender o que é ter um animal ao nosso cuidado e praticar administrações e outros procedimentos.
Dormi mais 4 horinhas antes de viajar aqui para a terra e hoje à noite espero ter a minha primeira noite de sono reparador esta semana!



Espero que tenham tido uma boa semana!


Com amor,
A Marquesa

terça-feira, 18 de novembro de 2014

O meu bebé está doente

Não sei se se lembram da história do meu Porquinho da Índia.
Muchu todo "lambão"
 Desde Outubro que ele está a viver em casa do meu namorado e desde aí tornou-se muito mais sociável e mimado porque tem gente em casa muito mais horas por dia.
 Eu, com medo que os pais dele exagerassem, pedi para não darem nada sem ser feno e ração. Eu costumava dar 2 ou 3 vezes por semana um bocadinho de cenoura, alface, laranja ou maçã que ele adorava. Mas vi nas minhas pesquisas que não devia abusar na fruta devido ao alto teor em açúcar.
 Provavelmente foi esta demasia na proteção que fez com que o meu Muchu adoecesse.
 Desde o fim de semana que anda mais prostrado, quieto num canto da gaiola e desde anteontem tem comido e bebido em pouquíssima quantidade.
 Segundo as minhas aulas sei que um dos principais e mais comuns problemas destes animais são nos dentes. Como são roedores, os dentes deles são de crescimento contínuo. Se houver um crescimento demasiado (por não "gastar a dentuça") começam a ter dores. Com as dores vão deixar de comer e basta dois ou três dias para morrerem devido ao seu tamanho reduzido e sistema digestivo complicado.
 Consegui com imensa sorte marcar consulta para ele amanhã para um dos meus professores de animais exóticos.
 Estou é super ansiosa e assustada que já não seja a tempo!


Prometo aqui que se ele sobreviver a isto vou-lhe comprar montes de brinquedos e miminhos que lhe façam bem!



Espero que estejam a ter uma boa semana!


Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Quero ser mais vegetariana

Há já uns tempos que tenho procurado fazer refeições vegetarianas.
Seja em casa ou como opção quando vou comer fora.

Quando era pequenina dizia que quando fosse para a faculdade ia ser vegetariana. Que só não ia ser logo ali porque não era eu a cozinhar.
Bem... já estou no 4º ano e muito pouco mudou.

 Tenho colegas e até uma antiga amiga minha que são vegetarianas. Uma por convicção e as outras porque nunca gostaram especialmente de carne.
Ora, eu gosto de carne e não tenho assim tanta convicção. Para além de que já experimentei muitos alimentos alternativos à carne e são poucos os que me agradam, e só quando são cozinhadas por alguém que não eu (basicamente que saiba o que está a fazer).
 Por exemplo, hoje fui à Hamburgueria do Bairro com o meu irmão e o meu namorado e pedi um hambúrguer de Falafel só que só consegui comer metade antes de desistir por não aguentar aquele sabor.
 Mas ontem comi no Wok to Walk uns belos noodles só com legumes e extra cogumelos Shitake que são uma maravilha.

O meu objectivo é reduzir o consumo de carne e peixe. Vou começar por comer pelo menos uma refeição vegetariana por semana e no futuro quero ter um dia da semana em que não como carne nem peixe.
Para além da questão de ética sobre matar animais (que muitas vezes cuido) para me alimentar, também quero por uma questão ambiental (a indústria da carne é das maiores produtoras de Dióxido de Carbono) e porque também é benéfico para a minha saúde.

Espetadas de tofu

Já experimentaram alguma vez ou têm curiosidade sobre este estilo de vida alimentar?




Espero que a vossa semana esteja a correr bem!



Com amor,
A marquesa

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Love is... (III)

Vi hoje este texto sobre o que é estar apaixonado. 
Já há muito tempo que não encontrava um texto sobre amor com que eu me identificasse tanto!
Desde o "cascar" no Pedro Chagas Freitas (nunca li livros dele, mas os excertos que vejo no feed do meu facebook desagradam-me imenso) ao falar sobre o amor e a paixão em relações já duradouras.

(Imagem retirada do endereço da crónica)
"E depois a fé aumenta-se-nos através dos actos corriqueiros. Não são apenas as mensagens que inundam os telefones ou as paixões que se vão cumprindo entre os lençóis ou noutros lugares mais afoitos. Há tanta coisa que as palavras não dizem. Os toques, os cheiros, os olhares. Tudo se torna familiar. Tornamo-nos irracionais. Seja quando julgamos (erradamente) vislumbrar, ao longe, o alvo da nossa paixão ou quando um transeunte traz o mesmo perfume dela. Deixamo-nos abalar, agarramos no telefone e tentamos tocar naquele ser único só mais uma vez. Antes da próxima. E da seguinte."


Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Os efeitos (cómicos) da analgesia

Hoje o meu namorado foi fazer uma endoscopia.
Já o ano passado tinha feito e, graças aos efeitos da sedação, ri-me muito à conta de umas sms super engraçadas e muitas vezes sem sentido.
 Este ano como não tive aulas pude fazer-lhe companhia ao hospital.
 Depois de acordar do procedimento lá foi ter connosco...
 Para além de dizer algumas coisas sem nexo, também ficava surpreendido por nem eu nem a mãe dele percebermos o "óbvio" que ele contava.
Por outro lado, mesmo ele já o tendo dito muitas vezes, derreti-me toda quando ele ainda todo "mocado" começa a olhar para mim especado com os olhos abertos, sorri e diz "Uau! És mesmo gira! Nós namoramos mesmo?".
 Passado 1 hora já estava normal e estivémos os dois a rir com os vídeos que eu filmei das conversas dele, que ele jurava não se lembrar!

 Enfim, foi um dia divertido!



Desejo-vos um óptimo fim de semana!


Com amor,
A Marquesa.

domingo, 2 de novembro de 2014

Superstições

Eu não sou uma pessoa supersticiosa.
Gosto de gatos pretos como dos outros, o número 13 só me recorda a mim mesmo que "ainda agora tinha eu 13 anos", um espelho partido é apenas perigoso para mim se estiverem fragmentos no chão.
Porém, desde que entrei para a faculdade, sinto que toda a sorte que puder atrair na véspera do exame pelo menos mal não faz!
 Não ando aí com patas de coelho nem trevos de quatro folhas. Tenho as minhas próprias superstições baseadas na experiência:

1. A caneta com que escrevo os resumos da matéria, tem que ser a mesma que levo para o exame.
Acho que é para o caso de ela ter melhor memória que eu...

2. Ir "feia" para o exame.
Já se sabe que a beleza não é inversamente proporcional à inteligência... Mas mesmo assim prefiro não ir com roupa nova ou mais pomposa para o exame para ver se incorporo melhor a nerd que há em mim.
Hobbes

3. O meu amuleto da sorte infalível.
Até agora, desde que o meu namorado me ofereceu um tigre de peluche (que chamo de Hobbes) e eu durmo com ele na véspera do exame, não chumbei a nenhum. Quero tanto que ele continue infalível que nunca o uso em mini-testes ou em frequências que sei que estou mal preparada. É a minha "arma secreta" da época de exames que me faz sentir mais confiante.




E claro, o que dá mesmo sorte é estudar a sério e não diminuir as horas de sono. É esse o truque com melhores resultados, garanto!
 Enfim, são esquisitices minhas, não levem nada muito a sério.




Espero que tenham tido um óptimo fim de semana!



Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Non Stop

Estas últimas semanas têm sido de doidos.
Já me devo ter queixado aqui uma meia dúzia de vezes de terem implementado avaliação contínua teórica a todas as cadeiras. 
 Que no ano passado tínhamos uma média de duas a três avaliações
semanais porque causa da avaliação contínua prática e eventualmente de uma teórica. Este ano a média subiu para 4 ou 5 avaliações. Basicamente uma por cada dia da semana.
 É que eu podia estar aliviada por uma semana difícil ter chegado ao fim. Mas não, a próxima e as seguintes vão ser iguais ou pior.
 O quarto ano está a sugar-me a pouca vida social que tinha e até os meus pequenos momentos de preguiça.
 Antes fazer os trabalhos à última hora era uma opção. Agora tem mesmo que ser porque até à data de entrega temos mil e uma coisas para fazer!


 O que vale são os sábados de manhã em que vou à clínica.
 Porque durante a semana a cabeça parece que explode com conceitos para saber, doenças para compreender e análises e imagens para entender.
 Mas ao fim de semana eu vejo que é o que eu quero para o meu futuro. Compreender o que um animal me "diz" através de sintomas, saber como o tratar e fazer entender a família dele como o pode ajudar melhor.


E entretanto vou sonhando com o dia 19 de Dezembro, que quero descansar o cérebro pelo menos um pouco antes do Natal...



Espero que tenham tido uma semana menos stressante que a minha!


Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

TAG: As 11 perguntas

Fui nomeada pela querida Mafalda, autora do blog "Wallflower" para responder a 11 perguntas para me conhecerem melhor.
Portanto cá vão elas!


1. O que não sais de casa sem?
Normalmente não saio sem a minha mala, onde levo pelo menos o telemóvel, as chaves e a carteira.

2. O teu animal preferido?
Eu diria o cão, mas também me derreto com lontras e pinguins!

3. Qual o sapato preferido?
No Verão sandálias, meia-estação sapatilhas de pano e no Inverno botas. Conforto acima de tudo!

4. Produto indispensável de maquilhagem?
Eu raramente uso maquilhagem, só em ocasiões especiais. Nessas situações não dispenso o eyeliner (embora nunca fique simétrico...).

5. Qual o teu maior sonho?
O meu maior sonho é não ter de prescindir de nada que me faça feliz. Seja a minha família, o meu amor, os meus amigos ou a minha futura profissão.

6. Qual o teu defeito?
Ser "explosiva" (falei disto há 2 posts atrás) e às vezes complicar demasiado as coisas na minha cabeça.

7. O que te irrita nas pessoas?
Quando acham que o mundo gira à volta delas ou são mal educadas.

8. Qual a tua comida favorita?
Sou muito "bom garfo". Gosto desde comida italiana, ao arroz de pato da minha mãe, sushi, saladas, noodles, kebabs...

9. Doce ou salgado?
Depende dos dias, mas maioritariamente salgado.

10. O que te deixa feliz?
Fazer as pessoas rir, deixar as pessoas de quem gosto orgulhosas (incluindo eu própria).

11. Escolher 5 blogs para responderem à TAG:
Vou fazer batota e convidar qualquer um que ache graça e queira fazer :)



Espero que tenham iniciado bem a semana!


Com amor,
A Marquesa

sábado, 25 de outubro de 2014

Filha invisível

 Estudo em Lisboa mas venho todos os fins de semana a casa, raramento falho.
 Tanto para matar saudades dos meus pais, fazer as trocas de roupa, estagiar na clínica e se conseguir beber um café com os amigos.
 O quarto ano não tem dado tréguas, por isso os meus pais mal me vêem. Sábado de manhã estou na clínica, passo a tarde e a noite de sábado no quarto a estudar, quase só descendo para as refeições. E domingo a seguir ao almoço lá abalo para capital.
O único momento a que me permito "perder tempo" é à 6ª à noite depois de jantar pôr as séries que seguimos os quatro em dia. Sabe sempre muitíssimo bem!
 Para a próxima semana tenho três frequências (dói, não dói? não estudasse...) por isso cá estou eu no meu refúgio a ver estudos radiográficos!

A Violeta dos Incríveis - que realmente tem o poder da invisibilidade

Espero que tenham um fim de semana mais animado que o meu!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Quero mudar

Será que realmente conseguimos mudar?
Que tal como no treino em animais conseguimos diminuir determinados comportamentos com algum treino e paciência?
 E quando o treinador é também quem precisa de ser treinado?

Estou farta de descarregar a minha frustação em pessoas que não o merecem, muito pelo contrário. Estou farta de magoar a pessoa que mais amo com palavras ou tons que sei que não transmitem o que sinto por ele, mas sim por mim.
Porque sou esquecida, porque sou preguiçosa e há certas pequenas coisas que podia evitar ter depois como problemas.
 Quero mesmo mudar para melhor.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Trabalho no campo

Ontem foi daqueles dias super preenchidos mas que nos deixa de sorriso na cara.
Madrugámos para ir cedo para uma Herdade em Serpa. De manhã fizémos ecografias a cabras serpentinas para ver quais estavam gestantes e à tarde castrámos leitões.
 A parte divertida é aquele espírito campestre, em que suamos (estava um dia de bastante calor no Alentejo) para conseguir agarrar as cabras para lhes fazer a ecografia e também para levar os porquinhos já a dormir para as macas onde se efectuavam as cirurgias. 
 Na ecografia que fiz não havia bebés, mas deu-me uma imensa alegria fazer a minha primeira castração bem e sem hesitações. Pode ser uma cirurgia básica, mas saber que fui eu a executá-la tem outro sabor.
 Por outro lado foi também um descanso para a cabeça não falar num dia inteiro de apresentações orais ou frequências. E a viagem longa também permite sempre muitas risadas, jogos e sonecas :p
Cabritas bebés


Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

domingo, 19 de outubro de 2014

Trabalhar com estranhos

Na próxima 3ª feira vou fazer uma apresentação oral individual na cadeira de cirurgia.
Apresentações já não são novidade para mim, mas esta tem dois pequenos pormenores que me estão a complicar a vida.
1. Só soube que teria de a fazer na 6ª ao final da tarde, quando o professor distribuiu os temas.
2. Estou a partilhar o tema com um colega meu, com que praticamente nunca falei. Não por não ir com a cara dele, mas porque é um senhor já de 30 e alguns anos casado e com filhos. Temos de decidir dentro do tema, quem apresenta o quê para não haver sobreposição de técnicas cirúrgicas.

Sinto-me nada à vontade em trabalhar com alguém que não conheço, ainda para mais alguém mais velho a quem não quero faltar ao respeito. Por outro lado também não quero que ele me "passe por cima" só por eu ser uma "miúda" e respeite as minhas opiniões.

Vamos lá ver como isto corre!


Tenham um óptimo resto de fim de semana!


Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Avatar, a Lenda de Aang

 Na minha adolescência, deixei de devorar tantos desenhos animados como antes.
 Em parte devido à internet, onde conversava no Messenger e actualizava o meu Hi5 (quem se lembra deste precussor do facebook?).
 Por outro lado, identificava-me cada vez menos com algumas séries de desenhos animados quando acabavam com as que eu gostava.
 As únicas que fazia mesmo questão de ver com o meu irmão mais novo eram o Phineas e Ferb e, após o meu irmão me incentivar a ver, o Avatar: a lenda de Aang.
 Até hoje, nunca conheci uns desenhos animados (não é Anime) com um desenvolvimento tão interessante, humor tão bem conseguido com piadas inteligentes e com um óptimo crescimento do carácter das personagens.
 Infelizmente, os meus horários nem sempre eram compatíveis com a série e, à falta das gravações automáticas como existe hoje, entretanto perdi o fim à meada. Felizmente, consegui ver os episódios finais e adorei como acabou aquela série.
 Ora, agora há uns anos começou a sucessora dessa série. No mesmo mundo e com o seguimento da história umas décadas depois. Eu, com um carinho pelos personagens da outra não quis ver...

 Entretanto, descobri que o meu namorado não conhecia a série do Avatar.
 Neste Verão vimo-la toda de empreitada, não que seja enorme... tem 3 temporadas, cada uma com 20 episódios de 20 minutos.
 Fiquei super contente de rever a história, ver os muitos episódios que tinha perdido e chorar e rir durante aquela aventura.
 Para minha grande felicidade, lançaram há uns meses uma manga com os acontecimentos exactamente a seguir ao episódio final da série, que responde a questões que ficaram por responder, sem nunca perder o sentido de humor ou o toque da série.
 Quando sair o último capítulo da manga quero começar a ver a seguir então a série sucessora, a Lenda de Korra!
O Soka, o Aang (com o Mommo no ombro) Katara e o Appa

Enfim, só queria dar a conhecer este "tesouro cultural" e se estiverem curiosos vejam que vale a pena! Até já recomendei a semana passada aos meus pais!


Espero que estejam a ter uma boa semana!


Com amor,
A Marquesa

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Human Power

Eu queria fazer um post sobre toda a situação da Jessica Athayde. O facto de ela não ter deixado passar as críticas de gente que mais valia estar calada e ter dado uma voz às raparigas fartas de ouvir comentários maldosos sobre o corpo seja de quem for.
 Mas escrevi um sobre exactamente o mesmo há um ano atrás aqui.

Espero bem que seja uma wake up call. Da próxima vez que quiserem chamar a uma rapariga uma "tábua" ou acharem que aquela é demasiado cheinha para aqueles leggings, lembrem-se que não gostariam se a situação se invertesse. Eu também vou trabalhar nisso.
 Por outro lado, acho que estão à vontade para comentar como aquela é uma bitch que acabou de tratar mal alguém ou a outra é uma pega por ter traído o namorado que era bom rapaz... Só para aliviar a vontade de "cortar na casaca".


Espero que tenham tido um bom início de semana!

Com amor,
A Marquesa

sábado, 11 de outubro de 2014

Cannabis em Portugal

 Anda agora pelas redes sociais um alarido, tipo "festança" por o Infarmed ter autorizado a plantação de Cannabis sativa em Portugal.
 Não tenho nada contra esta medida, mas tenho algo contra as pessoas que estão a partilhar a notícia com uma visão distorcida das coisas.
  A plantação desta planta cá visa usar o seu princípio activo (THC) para o fabrico de medicamentos para alívio de dor para pacientes com dor crónica, como no caso do cancro. Não é para uso "recreativo" como este pessoal a usa.
 Embora os efeitos secundários do consumo de THC sejam reduzidos comparados com outras drogas, eles continuam a existir. Os médicos receitam estes medicamentos em casos muito específicos em que se está a tratar dor crónica.
 Se pensarem bem, é semelhante ao uso da morfina. Mais uma vez é ilegal sem ser por receita médica e só é usado em pacientes com dor extremamente forte devido aos seus efeitos secundários. Tal como todos os medicamentos que andam por aí. Por alguma razão são pessoas que estudam mais de meia dúzia de anos a decidir a medicação de doentes, pois já conhecem e sabem onde se informar correctamente sobre os prós e contras de qualquer substância.

Desculpem, é o desabafo de uma aluna de Medicina Veterinária que para além de já ter queimado neurónios com a complexidade de Farmacologia também já viu animais intoxicados com "erva" dos donos...

Desejo-vos um óptimo fim de semana!

Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

And so it begins...

Esta semana foi a mais pesada desde que começaram as aulas.
Na 3ª feira tive 12 horas de aulas seguidas. A partir daí parecia que por mais que dormisse andava sempre cansada.
 Depois também se começa a instalar o medo das semanas carregadas de avaliações (por vezes até no mesmo dia) e da complicação que vai ser quando quero passar ao maior número de cadeiras possíveis por avaliação contínua na teórica.
Para além das avaliações, tenho também trabalhos. Há um caso que anda a desfazer o cérebro de toda a gente que é para entregar na próxima segunda-feira. É mesmo muito trabalhoso e, na opinião de toda a turma, ainda não temos bases suficientes para fazer algo do género...
Enfim, é altura de começar a trabalhar a sério, que isto agora só vou ter tempo de "respirar" uns dias nas férias de Natal!


Espero que a vossa semana tenha sido boa!


Com amor,
A Marquesa


P.S. Ontem para arejar a cabeça fui ao cinema ver "Em Parte Incerta". Um filme cheio de reviravoltas e alto perturbador, mas recomendo!

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

XVI

Ontem eu e o meu amor fizémos 16 meses de namoro.
Sim, nós somos daqueles que mesmo depois de atingirmos 1 ano, continuamos a comemorar todos os meses. A quem já me disse que é estranho disse: qual é o mal de ter uma comemoração feliz todos os meses? Nós divertimo-nos e é isso que interessa!
 Por mais tempo que passe, continuo a achar que devo mesmo ter feito uma coisa muito boa para ter a sorte que tenho. Não que antes não fosse feliz, mas encontrei alguém que é extremamente parecido a mim, com que me preocupo, que me protege, que me ama como eu o amo. Deve ser das pessoas que me faz soltar mais gargalhadas e é também quem eu gosto de ver e ouvir mais a rir.
 Ontem ainda pensámos em ir ao cinema, mas em vez disso estivémos num banco de jardim. Apenas a rir, falar e aos abraços e miminhos. E não podia ter "gasto" melhor o tempo :)



Espero que tenham tido o começo de uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

sábado, 4 de outubro de 2014

4 de Outubro - Dia do Animal e do Médico Veterinário

Hoje é o dia em que damos uns mimos extras aos nossos animais de estimação. É o dia em que se fazem acções de solidariedade para os muitos animais que estão em adopção em Portugal. É o dia em que há acções de sensibilização para a conservação das imensas espécies animais em vias de extinção.
 Neste século, em muito graças aos filmes da Disney e desenhos animados em que os heróis são animais, há mais sensibilidade em relação aos animais. Poucos são os miúdos que não pedem aos pais um cão ou um gato para lhes fazer companhia. Isso quando não são já adultos que querem um novo "colega de casa", um amigo para a vida.
 Este ano há mais um motivo para celebrar. No passado dia 1 foi implementada a nova lei que penaliza os abusos e abandono de animais. Já não era sem tempo!

 Para além dos nossos amigos de 4 patas, em Portugal é também o Dia do Médico Veterinário, pois foi há exactamente 23 anos criada a Ordem dos Médicos Veterinários portuguesa. 
 Ainda não o comemoro como médica, mas espero daqui a 3 anos já poder celebrar com o curso concluído e já membro da ordem!

Deixo aqui a foto dos meus dois amores!
Rodolfo, o meu companheiro de 15 aninhos

Mucho, o porquinho da Índia

Desejo-vos um óptimo dia do animal e fim de semana!

Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Clube dos Workouts

 Eu e umas amigas minhas da faculdade, quase desde o 1º ano que falamos em inscrever-nos num ginásio ou fazer alguma actividade física juntas.
 Para já, não gostamos muito do ginásio da faculdade, que é o que fica mais em conta. Depois, há quem não goste de fazer exercício em "público" por ser descordenada. No meu caso, sinto-me um pouco desconfortável porque suo rios e rios. E depois, graças à avaliação contínua, também não temos muito tempo livre para grandes coisas.
 Esta semana uma de nós teve a ideia de fazer uma conversa no facebook, em que cada dia uma escolhe o vídeo de um workout e fazemos todas, cada uma em sua casa onde estamos mais à vontade. Uma espécie de clube do livro, só que com exercício.
 Assim, pomos o nosso corpo no activo e é mais divertido porque no dia a seguir partilhamos dores e comentamos um ou outro exercício que foi mais puxado.
 Estamos agora no 3º dia, só espero que consigamos continuar assim! O meu corpo agradece.
O canal de Youtube onde temos ido buscar os vídeos


Espero que estejam a ter uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Primeira semana no 4º ano

Acabei ontem a minha primeira semana de aulas.
Tenho um horário bastante preenchido, embora felizmente tenha algumas práticas que, por serem por turnos, só tenho semana sim semana não. Ou não tivesse eu este semestre 9 cadeiras...
Embora ainda não tenha tido a apresentação a uma ou outra cadeira, posso dizer que estou um pouco assustada.
Este ano implementaram avaliação contínua também na componente teórica, o que só me vai aumentar a quantidade de horas de estudo por semana, todas as semanas.
 Por outro lado, estou no 4º ano. Já vamos ter de aprender e ter presente os conhecimentos de um médico veterinário. No ano passado, basicamente tínhamos de saber como era um animal saudável e detectar anormalidades através do exame físico e outros exames complementares. Com base nesses achados podíamos apontar para certos diagnósticos,mas só quando realmente eram óbvios.
Este ano, temos de enumerar todos os diagnósticos diferenciais (todas as coisas que podem dar origem aos sintomas) e fazer efectivamente o diagnóstico...
 Ainda tenho este ano e o próximo de aulas, muito para aprender!
Tenho imensa sede de conhecimento, mas também sei que tenho muuuito trabalho pela frente!


Espero que tenham tido uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

10 livros

Corre no Facebook um desafio que consiste enumerar dez livros que "de alguma forma ficaram contigo. Não têm que ser os livros "certos" ou grandes obras literárias, apenas aqueles que te tocaram de algum modo."
Gostava de trazer este desafio para a blogosfera e acrescentar uma pequena explicação de como me afectaram. 
 Sem ordem específica, aqui estão:

1984
Li este livro há relativamente pouco tempo. Faz-nos questionar toda a comunicação social e o sistema político em que estamos inseridos.

Crónicas de Nárnia
Das primeiras coleções que me levaram ao mundo da fantasia em pequenina. Com óptimas lições de coragem, bondade e respeito à Natureza.

Cisnes Selvagens
Ao lê-lo deparei-me com a realidade da China durante a ditadura de Mao. O sofrimento e a fome daquela gente fez-me compreender muito melhor a nossa diferença cultural.

Sensibilidade e Bom Senso
Um romance que, embora nos faça sonhar, também nos ajude a pôr os pés na Terra. O primeiro que li da Jane Austen.

O Senhor dos Anéis
A minha mãe é a culpada de eu gostar tanto da história, pois quando éramos pequenos ela contava-nos uma versão resumida, mas com pormenores que às vezes nem aparecem nos filmes, durante as viagens para a Natação. Tolkien para mim é o rei do meu género literário favorito. A história do Bilbo Baggins e mais tarde o Frodo, inspiraram-me na medida em que mesmo pequenos podemos fazer grandes feitos.

A Cidade dos Deuses Selvagens
Adoro a Isabel Allende e este livro (assim como o 2º da coleção) fizeram-me crescer ao mesmo tempo que as personagens. Também me deu um sentido de responsabilidade quanto à Natureza e um fascínio por culturas extremamente diferentes da minha.

A Vida de Pi
Desde o tema da religião, até aos jardins zoológicos... Foi um livro que aumentou o meu respeito pelos animais e a minha capacidade de acreditar em "milagres".

A Ilha do Tempo Perdido
O livro foi-me emprestado mas quero relê-lo há imenso tempo. É um livro infantil/juvenil. Fala sobre a necessidade de perdermos tempo e sobre deixar as crianças serem crianças e, no fundo, o ser humano ser apenas o ser humano.

A Fonte Misteriosa
O tema é a imortalidade e os seus prós e contras, mas é também um livro juvenil. Acho que até já fizeram um filme sobre a história.

As Crónicas de Gelo e Fogo
Também conhecido pela série Guerra dos Tronos. Os dragões são um mimo, mas o que é diferente neste livro é que não é por se ser bom que a personagem se safa. Tal como na vida real, os espertos é que ganham o jogo. E o herói de uma história, pode ser o vilão para outros. Toda a gente tem um lado bom e outro mau. Menos o Joffrey...


Ainda há uns dois ou três que acho que também mereciam estar aqui. Mas é este o desafio, portanto cá está.



Desejo-vos um óptimo fim de semana!



Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Acontecimentos da semana (parte II)

 O segundo acontecimento desta semana foi ter "oficialmente" o meu irmão como colega de casa em Lisboa.
 Domingo o quarto dele ficou totalmente mobilado e segunda-feira começou as aulas.
 O único problema é que a faculdade dele é em Oeiras. Ou seja, tem de se levantar 2h e meia antes das aulas começarem para chegar a tempo e horas... Agora está mesmo desejoso de acabar de tirar a carta!
 Como esta semana ainda estou de férias não tenho ainda noção do que é viver com ele lá, pois estive lá apenas 3 dias que serviram para matar saudades do meu namorado e ajudar o meu irmão a perceber como funcionam os transportes.
 Também já o levei a um dos meus restaurantes preferidos escondidinho no Martim Moniz e para a semana se correr bem ainda o levarei a conhecer mais.
 Para já acho que está a gostar, embora chegue a casa cansado por se levantar quase de madrugada.

Vamos ver como corre a nossa vida para semana!



Desejo-vos o resto de uma óptima semana!


Com amor,
A Marquesa

Acontecimentos desta semana (parte I)

Já tenho o meu querido portátil de volta e como novo!
Não sei se foi por não poder, mas fiquei com umas saudades de escrever no blog descomunais.

O acontecimento mais alto desta última semana foi sem dúvida o casamento da minha prima.
É o primeiro casamento a que vou em que realmente conheço um dos noivos e, embora seja mais de uma década mais velha que eu, é o primeiro casamento de alguém da minha geração na família,
Sushi nos "barquinhos"
Ela estava linda, com um vestido e penteado que a favoreciam ainda mais.
O copo de água foi super divertido e dos melhores que já tive.
Para começar, a localização era lindíssima. Depois, os cocktails com que nos receberam antes de entrarmos para jantar eram no mínimo originais. Desde sumos naturais, a vários salgadinhos e, embora de qualidade não tão boa como os restaurantes especializados, sushi! Nunca tinha comido sushi num casamento, sempre deu para matar saudades.
O jantar em si foi bom, mas a animação a seguir é que marcou a diferença na noite.
 Na entrada havia um quiosque com postais e um marco de correio para escrevermos e "enviarmos" dedicatórias aos noivos. Ao lado estava um photobooth, daqueles estilo americano em que nos sentamos e são tiradas 4 fotos, só que com o nome dos noivos e a data do casamento em cima. Tirei uma com os meus primos e namorado (sim, a minha prima foi uma querida e convidou-o também!), uma com os meus pais e irmão, outra só com o meu namorado e uma com os primos e a nossa avó.
 Houve ainda um vídeo com gravações que fizémos a desejar felicidades aos noivos e ainda um outro feito pelos amigos da universidade do noivo, estilo "musical" a contar como ele era antes de conhecer o amor da sua vida e o depois, Super cómico!
 Houve ainda muita dança e saímos todos de lá com um sorriso na cara.

Desejo as maiores felicidades à J. e ao A.!



Com amor,
A Marquesa.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

A maquilhagem e eu

  A minha mãe não usa maquilhagem, por isso o meu primeiro contacto com este mundo foi nos meus espectáculos de dança. Era sempre uma alegria antes dos espectáculos pintar-mo-nos  todas com a ajuda das mães, das professoras e alunas mais velhas.
  Na pré-adolescência, com a compra das Bravos e das Super Pop agucei ainda mais a curiosidade pela magia das sombras, lápis e batons!
 Como tinha a pele oleosa, na adolescência comecei a ter acne e como não gostava do que via ao espelho e os cremes pouco ajudavam, comecei a usar um pouco de base naqueles dias em que me sentia mesmo mal com a minha cara. Não só quando ia à escola, mas às vezes em almoços ou jantares de família.
Michelle Phan (my makeup guru :p)
 Por outro lado, comecei a ver tutoriais de maquilhagem no Youtube. Ainda hoje os acho estranhamente interessantes! Embora só usasse maquilhagem nas saídas com as amigas e só tivesse os produtos que me iam oferecendo às vezes nos anos, sempre gostei de experimentar os truques que via a Michelle Phan a fazer.
 A partir dos 19 anitos a minha pele passou de oleosa a mista. Raramente tenho borbulhas e quando aparece é uma "matrafona" no queixo ou na testa.
Como aprendi a gostar do que vejo ao espelho (mais nuns dias que outros) ando sempre de cara lavada. Até porque como passo a vida a tocar no rosto fico toda borrada...
Porém, em ocasiões especiais o conhecimento básico de maquilhagem é-me útil, como é o caso de um casamento que tenho Sábado que vem. Adoro ter uma bela paleta de cores e conjugá-la consoante o vestido que levo! 
Enfim, coisas de "gaja"!


Vou agora para o meu penúltimo dia de estágio! Espero que a vossa semana esteja a correr bem!


Com amor,
A Marquesa



P.S. Em nenhum caso queria dizer que quem se maquilha tem falta de amor próprio. Tem é mais paciência e força de vontade que eu pois implica sempre levantar-se uns minutos mais cedo de manhã!

domingo, 7 de setembro de 2014

Novo caloiro na família

Adoro o dia em que saem os resultados das candidaturas ao ensino superior. É um dia em que nas redes sociais se respira felicidade e orgulho por se ter concretizado o primeiro passo de um sonho.
Claro que também há os que não dizem nada, que não entraram na opção que queriam.
A esses devo dizer que: Há sempre a segunda fase e se têm a certeza do que querem só perdem se não tentarem. Noutros casos digo "não digam que desta água nunca beberei", pois conheço gente que não ficou na 1a opção e até gostou daquilo em que calhou.
De qualquer maneira, mesmo que não entrem onde querem na 2a fase, podem sempre informar-se sobre transferências, sobre cursos com cadeiras equivalentes ou na mesma faculdade com o curso que desejam.
Devo confessar que não fui das que nesta noite, há já 3 anos *pequeno momento em que me sinto velha*, pus a colocação do DGES no facebook. Já me tinha candidatado e entrado na minha faculdade que é privada e no concurso público entrei em Biologia em Lisboa.
Como o meu interesse era apenas Medicina Veterinária, cá estou a caminho do 4o ano do meu querido curso.
Sim, tenho imensa sorte por os meus pais terem possibilidades e ainda mais por me apoiarem sempre a escolher seguindo o coração, embora tenha tido uns subtis empurroezinhos para uma engenharia ou gestão para trabalhar na empresa da família.
Este ano, alguém realmente vai preencher essa "lacuna", mas é alguém que (não sei mesmo como) gosta de física e não podia estar mais talhado para uma engenharia.
Parabéns ao meu irmão que entrou na sua primeira opção, Engenharia e Gestão Industrial em Lisboa! 
Vou ter um novo colega de casa e vamos ver como é que isto corre...

A todos os novos caloiros os meus parabéns! 

Aos restantes deixo os desejos de um óptimo fim de semana!


Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Problemas tecnológicos

Nunca tinha tido nenhum problema a nível de tecnologia, o mais "grave" que me aconteceu foi talvez o meu antigo mail que ganhou um vírus há uns anos. Serviu de certo modo até para fazer uma limpeza aos contactos. 
Ora, agora a quase 2 semanas de recomeçar as aulas o meu fiel portátil de 3 aninhos decide criar mau contacto com o carregador e lá se vai a bateria...
Felizmente acho que ainda vou conseguir passar as minhas fotografias e todas as aulas, trabalhos e apontamentos da faculdade para o disco externo com a restante bateria!
Enfim, só espero que não seja nada de difícil resolução (nem cara!)...



Desejo-vos o resto de uma boa semana!


Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O turno da tarde

Visto que passaram apenas 2 dias, penso que ainda é muito cedo para dizer como está a correr este mini-estágio.
 Mas posso já falar de como está a ser trabalhar num turno da tarde.
 É a primeira vez na minha vida que fico com um horário de tarde. Prefiro sempre acordar mais cedo mas depois descansar durante o resto do dia. Desta vez, como no primeiro dia vimos que era super cansativo ficarmos as duas juntas lá 10h (era suposto ser 12h, mas mandaram-nos para casa descansar), concordámos em ficar lá por turnos de 6h cada. Concedi logo o turno da manhã à minha amiga porque ela tem um exame para fazer a semana que vem e será mais produtivo para ela assim.
 Ser do turno da tarde não é muito mau porque: durmo sem pôr despertador, aproveito e tomo o pequeno almoço com calma, estou um bocadinho a fazer o que me apetecer, faço um workout, tomo banho e fico a fazer mais qualquer coisa antes de almoçar. Também tem a vantagem de à hora em que vou não haver trânsito nenhum na estrada!
 A única coisa má é que chego quase por volta das 22h a casa e estou pouquinho tempo com os meus pais.

Vamos lá ver o que me espera hoje!


Continuação de uma boa semana!


Com amor,
A Marquesa

domingo, 31 de agosto de 2014

Novas e Velhas Aventuras

Começa amanhã uma nova aventura. Eu e uma colega minha da faculdade que também é de Leiria vamos estagiar até dia 13 num Hospital Veterinário cá da região.
Como eles têm dois turnos e nós estamos nesta aventura juntas, vamos tentar esta semana fazer os dois turnos juntas (12h). Vamos lá ver como isto corre e como é a equipa e ambiente deste hospital!


Quanto à "velha" aventura... Fui ontem à Guerra de Balões de Água em Leiria e, mesmo tendo atirado muito menos balões este ano, diverti-me imenso! O ambiente é sempre divertido e o efeito das cores diferentes de cada equipa é muito bonito a nível visual! Aqui fica um "cheirinho":




Desejo-vos uma óptima semana!



Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

As nossas primeiras férias

Se tivesse que descrever numa palavra as primeiras férias que tive a sós com o meu namorado seria: Aventura.
 Houve imensos imprevistos, poucos dias foram tal e qual como imaginávamos, mas felizmente a surpresa dele para mim correu perfeitamente bem.

Para começar, na véspera o meu namorado teve uma virose fortíssima. Lá tive eu a animá-lo e felizmente fizémos a viagem para Albufeira sem percalços e com ele já a sentir-se bem. O resto do dia foi a "piscinar" e o jantar também super bom num restaurante à beira-mar.
Eis então que no 2º dia começo a adoecer eu. Com um bónus de que no final do dia fiquei com uma brutal dor de garganta.
No dia seguinte fomos ao médico, que me receitou um antibiótico (tenho faringite). Para além de ser feriado em Albufeira e poucas farmácias estarem abertas, o medicamento não estava nem em stock nem armazém às que fomos. Tive de ir pedir ao médico para me receitar uma alternativa.
Os dias seguintes foram passados no quarto, pois tinha imensa febre e cheguei a ter vómitos e tudo... Felizmente trouxémos no pc alguns filmes para ver.
No antepenúltimo dia já fiquei sem febre e a sentir-me um pouquinho melhor.
E assim no penúltimo dia pudémos ir ao Zoomarine. O meu namorado ofereceu-me a experiência de interagir com golfinhos na água, foi fantástico. Fiz montes de festinhas ao Hugo (o golfinho), fiz uns truques com ele incluindo rodopiarmos ao mesmo tempo e depois, com a ajuda do Mickey (outro golfinho), empurraram-me os pés comigo numa prancha de bodyboard. Foi mágico!
Hugo e eu
Depois tivémos um grande susto pois estivémos quase 2h à espera de um táxi para nos ir buscar ao
Zoomarine.. Já estava a ver que íamos dormir lá.

Já estou em casa, ainda não completamente recuperada da faringite, mas pronta para outra. Se estas férias "más" têm alguma coisa de positiva, é o facto de termos histórias para contar. E saber que podemos contar um com o outro mesmo quando o mundo parece que está contra nós.



Desejo-vos uma óptima semana!



Com amor,
A Marquesa