quinta-feira, 30 de junho de 2016

4 desafios de 30 dias para ficares activo(a) este verão

Eu sou fã destes "30 days challenge", que me mantêm motivada para tentar chegar ao final. Acho que nunca consegui completar nenhum exactamente em 30 dias, mas senti sempre uma sensação de concretização muito forte qundo cheguei ao fim.
 Vou deixar-vos aqui 4 sugestões diferentes, que já fiz ou que estou a completar neste momento.

1. 30 Day Butt Lift
Foi este a minha estreia neste tipo de desafios.
Tal como o nome indica, o principal objectivo é tonificar a zona dos glúteos, com exercícios tanto de cardio como localizados. A dificuldade em si não aumenta, mas a quantidade de vídeos por dia sim.
Duração: 10 minutos numa primeira fase, até 30 minutos na última semana.
Ideal para quem: Quer tonificar o rabiosque, está habituado a fazer algum exercício leve (nem que seja 1x/semana), tem pouco tempo disponível.

(basta pesquisarem o nome dos vídeos no Youtube)


2. Beginner's Calendar (PopPilates)
PopPilates foi a modalidade que me fez voltar a ganhar o gosto pelo exercício físico.
É uma variação mais mexida e com musica Pop (daí o nome) do Pilates original.
Duração: 10-25 minutos
Ideal para quem: está em baixo de forma, quer tonificar o corpo todo, quer perder peso, acha exercício físico aborrecido, tem pouco tempo disponível.
Link

P.S. Se vos interessar a modalidade, mas já tiverem alguma resistência física, podem experimentar um calendário mensal, em que basta subscreverem à newsletter para receberem a palavra-passe.


3. 30 Days Yoga Camp
Devido a uma dor nas costas e para não perder o ritmo do ginásio em casa, decidi voltar ao Yoga. Visto que já não pratico há 3 anos, pesquisei por várias listas de melhores canais de Yoga para iniciantes.
Um dos canais comuns nas listas que vi foi o "Yoga with Adrienne". No vídeo de apresentação do canal refere o Yoga Camp e não pude deixar de experimentar.
 Só estou no 4º dia mas so far so good. Está-me mesmo a saber bem.
Duração: 20-50 minutos
Ideal para quem: sempre quis experimentar Yoga, quer relaxar do dia-a-dia mas sentir o corpo mais "energético" simultaneamente , quer aumentar a elasticidade, quer melhorar o equilíbrio, quer tonificar o corpo.


Link


4. Elíptica challenge
Quem diz elíptica, diz passadeira ou até correr na rua.
O chamado exercício "cardio" pode ser dos mais chatos e assustadores, mas aos poucos e poucos pode ser também dos mais recompensadores. Se antes eu bufava depois de 5 minutos de elíptica, com paciência consegui atingir os 30 minutos (a ver séries, que também ajuda) e a sentir-me bem.
O melhor é que podem criar o vosso próprio challenge, de acordo com os vossos objectivos.
Duração: a que quiserem
Ideal para quem: quer ganhar resistência, quer perder peso, quer usar aquelas apps giras de corrida e controlar as calorias gastas.

(Confesso que comecei pelos 5 minutos à velocidade 3, mas entretanto apaguei essa tabela anterior)

Alternativa: Beginner's Running Challenge


Já realizaram algum desafio do género? Contem-me tudo!

Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 29 de junho de 2016

O meu Baile de Finalistas

 Foi 6ª feira passada que me despedi de talvez 90% das pessoas com quem partilhei 5 anos de vida académica.
 Confesso que há uma meia-dúzia de pessoas pelas quais esperava o momento de despedida ansiosamente. (Haja paciência!) Por outro lado há outra meia-dúzia de pessoas com quem criei amizades e com quem espero manter o contacto para o resto da vida. De resto, se os encontrar fico feliz e a torcer por eles. A sua vitória será também minha vitória enquanto colega de curso.
 Por outro lado, foi uma noite em que aproveitei para me aperaltar e arriscar no visual. O vestido foi amor à primeira vista no site e felizmente também assentou bem. Acrescentei apenas um cinto dourado (mais para o rose gold) para afinar a cintura, uns saltos altos pretos (de quase 20cm), um colar dourado e voilá.
 Onde arrisquei mais foi no cabelo, em que pedi à cabeleireira uma coroa em trança. Temi muito quando tive que mostrar o vídeo da Golden Locks para ela ter uma ideia de como começar, mas bastou ver uns excertos e logo conseguiu trazer o penteado à realidade em frente aos meus olhos. 
A maquilhagem fui eu que fiz, dando o destaque aos lábios com um batom líquido mate vermelho. Espero mostrar-vos mais sobre os produtos que usei num próximo post.
 Mas o que vocês querem é fotos, não é?


Dancei com as minhas amigas, o fotógrafo era acessível e simpático e ficava sempre feliz por nos tirar mais uma foto, tive ao meu lado o meu namorado lindo, comi bem, senti-me mesmo bonita e diverti-me imenso. Foi uma noite mágica que não se irá desvanecer da minha memória tão cedo.


Boa continuação de semana!

Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Menina do Mar

 Ontem tive a oportunidade de ir à praia pela primeira vez este ano.
 Não sou maluca por praia, mas a verdade é que parece que tudo sabe melhor lá. Desde ler um livro, conversar, fazer uma sesta, comer qualquer coisa. Pode ser do calor amenizado pelo vento fresco marítimo, do som das ondas a chegar à areia ou o facto de o solo se adaptar ao nosso corpo ficando super confortável, mas a verdade é que uma tarde na praia me faz feliz.
 Depois há aquela hora interminável até chegar a casa em que estou cheia de comichão por todo o corpo, mas pelo menos faz o duche logo a seguir saber ainda melhor.
 As temperaturas ainda não estavam favoráveis a um banho no mar (nem a bandeira amarela), mas o Verão ainda agora começou.
 Até porque recebi hoje a nota que mais temia e foi melhor do que estava à espera, por isso sinto mesmo que as "férias grandes" começaram.




 Também quero partilhar convosco o meu Baile de Finalistas, que foi memorável. Stay tuned!

Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Finding Dory

Sou uma miúda livre, estou de férias (até prova em contrário)!
Fiz hoje a minha última frequência, já fiz uma mini-sesta, almocei e a seguir ala para o cabeleireiro pôr-me bonita para o Baile de Finalistas!

Assim que soubémos do "Finding Dory", eu e o meu namorado combinámos ver o filme juntos.
 O plano inicial era ser hoje a seguir à minha frequência, mas os horários iriam ser apertados para eu ir ao cabeleireiro e tudo mais. 
Arrisquei-me então em ir ao cinema na véspera de uma frequência. Posso dizer que valeu a pena, não só devido ao filme, mas também por a frequência me ter corrido bem à mesma.
Falando então do filme, está mesmo muito bom.
 Não tão bom como o "À Procura de Nemo", que foi original e uma concentração de muitos bons momentos e personagens, mas não ficou quase nada atrás.
 Este filme é mais focado na Dory, mostrando os "Porquês" de muita coisa, como o facto de saber falar baleiês, por exemplo.
 É um filme que vai melhorando aos poucos, com algumas novas personagens muito engraçadas (outras um bocadinho menos), momentos fofinhos, momentos de rir à gargalhada e outros tristinhos. Nada a que a Disney não nos tenha habituado desde miúdos, pois não?
 Aconselho a todos os velhos amigos desta peixe simpática com perda de memória a curto prazo!
 Já agora, o mini-filme que antecede sempre os filmes da Pixar é estupidamente fofo. Houve lá uma rapariga de 23 anos que chorou e tudo logo naqueles 5 minutos, o namorado dela fartou-se de gozar...

Piper, a estrela da curta-metragem

Desejo-vos um óptimo fim de semana!

Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Só mais uma!

Se tudo correr bem, 6ª feira tenho a última frequência da minha vida.
Tenho estado um bocadinho desanimada porque geri mal o tempo para a frequência de 2ª feira, só estudei 30% da matéria e mesmo essas partes que estudei não me correram tão bem. Fico com vergonha só de imaginar o professor ao ler o meu nome naquele desastre. Até porque algumas coisas eu sabia o que era, mas não me lembrava das palavras...
 O de hoje correu benzito e vou agora apertar no de 6ª para acabar em bem, embora a matéria não seja tão interessante.
 A minha motivação é imaginar-me para a semana numa praia qualquer a ler um livro. Mal posso esperar!


Tenham o resto de uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

domingo, 19 de junho de 2016

 Se tudo correr bem, chego agora à minha última semana de frequências de sempre.
Devido às 3 frequências desta semana, ainda não me mentalizei que também nunca mais terei aulas, pelo menos se correr tudo bem ou se não quiser tirar alguma pós-graduação ou outro curso.
 Mas o que me provoca maior ansiedade neste momento é o Baile de Finalistas.
 Hoje dei por completa a lista de coisas que me faltavam. Já tenho o vestido comigo há 1 mês, os sapatos são os mesmos da minha Gala de Finalistas do secundário, já marquei esteticista e cabeleireira, comprei os acessórios, assim como produtos de maquilhagem de que vou precisar. Não tenho muitos momentos de "Princesa" por isso quero aproveitar bem este.
Só espero que corra tudo bem e que me divirta muito com as minhas amigas do coração da faculdade (e que o meu par não apanhe muita seca a tirar fotos dos nossos looks).



Tenham uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 15 de junho de 2016

(Últimos) Trabalhos de grupo e Banda Sonora

 Esta semana entrego o último trabalho de grupo e faço a última apresentação em grupo de toda a minha vida académica. Como é que isto aconteceu?!
 Saber que nunca mais irei fazer conversas no Facebook para discutir como vamos fazer o trabalho (que o erro de fazer trabalhos de grupo presencialmente só cometemos no 1º ano), em quantas partes dividimos e que parte calha a cada uma. Que nunca mais vou pôr a preguiça de lado para evitar a vergonha de ser a última a mandar a minha parte. Que nunca mais vou encher as pastas com trabalho1, trabalho2, trabalhofinal, trabalhofinal2, trabalhofinalissimo, etc por cada vez que alguém faz uma modificação. Que nunca mais vou trocar mensagens a "panicar" com os restantes membros do grupo por se estar a aproximar a hora do prazo de entrega, enfim... Podem ver que somos moças super organizadas, não é?
 Vou ter imensas saudades de trabalhar com o meu grupo, não podia ter pedido pessoas tão compatíveis comigo ou com uma ética de trabalho tão boa como a nossa. Vou ter tantas saudades vossas *chuif*.
(Não avisei que estas semanas iam ser nostálgicas?)

Para pôr a tristeza de parte e procrastinar só mais um bocadinho, deixo-vos aqui algumas das minhas bandas sonoras favoritas, que uso como música ambiente enquanto estou a realizar trabalhos. 

Bandas sonoras de filmes:


Música clássica:
Instrumental de vários estilos musicais:


Desejo-vos a continuação de uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

domingo, 12 de junho de 2016

Sitting, Waiting, Eating - Something n'ice

 Foi num final de dia de aulas, bastante quente, que decidimos ir a uma nova gelataria relativamente perto da faculdade de que as minhas amigas já me tinham falado. Mas não era uma gelataria qualquer, pois para além de ter gelados, também tinha bolachas. Tudo para fazer uma sanduíche bem doce de gelado. 
 Seguimos então para a Something n'ice.
 O atendimento foi muito simpático, embora não tenha sido o mais rápido porque era dia da criança e estavam lá muitos miúdos do Colégio Moderno para comer o lanche.
 Havia alguma variedade de sabores de gelado, mas alguns dos sabores das bolachas já tinham acabado.
 Eu escolhi uma bolacha de chocolate e Nutella, outra de canela e para o meio um gelado de baunilha. Como o preço engloba também um topping escolhi pedacinhos de nougat.
 A dose é mais que suficiente, mas o problema é que nenhuma de nós conseguiu comer aquilo mesmo como uma sanduíche, ou seja, fomos comendo o gelado e no final comemos as bolachas, o que se tornou um pouco enjoativo lá para o fim.
 De qualquer maneira o conceito é original, o preço não é exagerado e talvez volte para experimentar outras combinações.


Desejo-vos uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Para quê querer uma raça quando posso ter todas?


 Quando era pequena, adorava aquelas enciclopédias com as várias raças de cães. Como tinha o Rodolfo desde os 6 anos, era sempre a sua raça que o meu dedo buscava primeiro. Depois, escolhia mais uns quantos que dizia serem os meus preferidos e decorava os nomes. Dizia que quando fosse morar sozinha ia arranjar um daquela ou da outra raça, que eram mesmo giros.
 Porém, quando entrei para veterinária pus esse pensamento cada vez mais de lado, até hoje o meu cão de sonho ser um rafeiro.
 Em primeiro lugar, sempre que falamos de uma doença, falamos das raças predispostas a essa mesma doença.
 Parecendo que não, anos e anos de selecção artificial e consaguinidade para um animal ficar com determinado aspecto, leva a que, para além da estética, os animais também tenham genes para as mesmas doenças. Mesmo que esses genes estejam escondidos, ao se cruzarem com um da mesma raça a probabilidade de os filhotes manifestarem esse problema é grande. É um certo preço a pagar por termos "transformado" um lobo num chihuahua ou num bulldog.
 Depois, graças aos acordos que o hospital da faculdade tem para ajudar várias associações, comecei a contactar muito mais com animais sem dono. Bichos queridos, amigáveis e brincalhões que após o tratamento no hospital vão voltar para o seu pequeno espaço, que é o maior que a associação lhe consegue dar. E isso obviamente parte um bocadinho o coração de uma pessoa.
 Mas o que me destroça mesmo é conhecer pessoas que querem um animal, mas ter que ser da raça da moda. Já aconteceu com os Pastores Alemães, com os Boxers, com os Labradores Retrievers e agora com os Bulldogs franceses. E nos gatos os Persas e British Short Hair.
 Estão a comprar uma "coisa", como se comprassem uns ténis da moda, ignorando que os animais têm uma grande predisposição para ter problemas de saúde e depois queixam-se que "este só me dá despesa". Meu amigo, a única despesa que deste a ti próprio foi comprar um amigo, quando existem muitos prontos a serem adoptados nos canis e associações portuguesas que estão sobrelotadas. E se querias algo só para mostrar mais valia um peluche...
 É claro que os rafeiros também podem ter doenças (bactérias e vírus não olham a raças) e algum problema, mas é mais raro por serem uns super-híbridos.
 Por último, sei também que há quem escolha uma raça por ter uma certa afinidade, ou por querer um animal com comportamentos característicos da raça. Compreendo e não condeno, mas conta muito mais para o bom comportamento de um animal ter feito um bom desmame e só o terem separado da mãe às 8 semanas, do que só a genética em si. 
  Vamos ser donos de raça?



Bom fim de semana prolongado!


Com amor,
A Marquesa

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Das boas escolhas

Tive uma intuição fenomenal ao escolher as cadeiras opcionais do curso.
Sem ser uma do 4º ano, que não aqueceu nem arrefeceu (pelo menos subiu-me um pouco a média), foram todas áreas pelas quais os professores que as leccionavam eram apaixonados.
 E isso para mim faz toda a diferença. 
 Para além de saber que os ensinamentos serão úteis no meu futuro profissional, sei que os vou reter mais facilmente na memória por terem sido dados por pessoas que realmente queriam partilhar o gosto por aquele saber.
 Se voltasse atrás escolheria de novo: Fisioterapia e Reabilitação Veterinária, Análises Clínicas (à falta de melhor), Introdução à Homeopatia, Acupunctura e Fitoterapia Veterinária, Clínica Cirúrgica I (pela prática, que a teória meh), Medicina da Conservação, Neurologia Clínica Aplicada e Medicina Estomatológico-Dentária Veterinária.


(Isto agora vão ser só momentos de nostalgia, pessoal...)


Tenham o resto de uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Dois de cada

O Instagram é, neste momento, a minha rede social favorita.
Só com fotos bonitas, frases inspiradoras ou imagens engraçadas, sem o drama, mal-dizer e desabafos do Facebook. É bom para uma pessoa ir vendo enquanto toma o pequeno-almoço para começar o dia bem disposta, por exemplo.
 As minhas contas preferidas são mesmo as dos meus amigos, mas hoje vou dar-vos duas sugestões de várias categorias, em que uma é portuguesa/ lusófona e outra é de outras bandas.
 (Para visitarem a conta basta clicarem na imagem.)

Cães fofos

Já não me lembro como encontrei o Aspen, mas foi amor à primeira vista. Se por um lado a raça Golden Retriever tem um lugar especial no meu coração por causa do meu Rodolfinho, o ambiente em que o Aspen vive é simplesmente belo e de nos cortar a respiração.
Gostava muito de ter a vida dele!

A Bolacha é uma cadela super fotogénica e a sua dona tem imensa imaginação para apanhar as suas melhores expressões e em locais diferentes, o que faz com que fiquemos alegres quando aparece no feed a nossa dose diária de Bolacha.


Ilustradoras

A Puuung é uma ilustradora da Coreia do Sul, que se tornou famosa por retratar de forma gira e querida o amor. Como é que ela o faz? Ilustrando os pequenos gestos e momentos que fazem um casal amar-se ainda mais. E não é só nas relações que ela tem atenção aos pormenores. Todas as suas ilustrações estão recheadas de detalhes lindíssimos.

Já falei do livro da Carol aqui, mas é maioritariamente nesta plataforma que vou acompanhando o seu trabalho. Actualmente está a trabalhar nuns "quadrinhos" chamados Cores, que contam as histórias de uns meninos e meninas que visam mostrar que existe muitos estereótipos quanto ao género e logo de pequeninos.



Bailarinas (aqui fiz batota e não há nenhuma portuguesa...)

A Mary Helen é uma bailarina profissional, que gosta de tirar este género de fotografias com poses lindíssimas, assim como mãe de duas crias fofinhas. Dá logo um ar delicado ao meu feed, assim como me dá nostalgia dos tempos em que dançava (me aleijava) de pontas nos pés.

Conheci a Misty como convidada de júri do So You Think You Can Dance, mas a sua fama deve-se por ter sido das primeiras bailarinas afro-americanas a ser a bailarina principal do American Ballet Theatre. Adoro quando partilha clips da sua dança, que é super fluente e expressiva. E depois há fotos incríveis como esta...



Bloggers

Já sigo o blog da Carrie desde os tempos em que lia a Ragazza (que foi a revista que me incentivou a criar o meu primeiro blog a sério). Para além de adorar o seu estilo, maneira de ser e fotografias, sentia-a um bocadinho portuguesa por namorar com um rapaz de Setúbal, com que casou a semana passada. O blog dela é o único que sigo que não é português.


Para além de ter jeito com as palavras, a Inês do Bobby Pins também tem uma maneira única de ver o mundo que transparece nas suas fotografias. É mesmo de uma pessoa ficar roída de inveja.



Inspiração Fit

Foi a Cassey que me fez voltar a descobrir o amor pelo exercício físico (aqui). Acho-a super positiva, muito animada e uma verdadeira inspiração. Desde que entrei para o ginásio deixei de fazer os seus calendários de exercícios, mas acho imensa piada aos "workout commands" que ela põe no Instagram, assim como frases engraçadas relacionadas com exercício físico ou simplesmente fotos dela nas suas fatiotas de exercício que nos dão vontade de nos juntarmos a ela!

E acabo com uma página de uma revista portuguesa, com sugestões de receitas, exercícios e actividades que também me inspiram a ser uma mulher mais saudável e feliz. O que é que há para não gostar?


Já conheciam alguma das minhas sugestões? Tenham uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Amor é... (V)

No espaço de 3 dias:

1- Estares a tomar banho com porta aberta a cantarolar, e ele sorrateiramente deixar lá o telemóvel a dar alto e bom som músicas que sabe que adoras, em vez de te julgar pelo desafinanço e fechar a porta.
2- Chegar a casa e ele surpreender-me com o jantar já feito e bem bom!

Há quase 3 anos a ser mimada assim, uma pessoa até fica mal habituada meu bem!


Continuem a ter uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa