quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Catarina na Terra do Sol Nascente - Tsumago

Partimos de Quioto no Shinkansen até Nagoya, onde apanhámos um autocarro que nos levou pelas montanhas.
Sair do ambiente da cidade e ver as paisagens do interior japonês, cheias de floresta, percursos de água e arrozais foi um grande contraste. Eu, que sou uma rapariga do campo, gostei imenso destas paisagens e de respirar o ar puro, incomparável ao das metrópoles.
A nossa primeira paragem foi Tsumago-juku.

Tsumago era uma das cidades de paragem e descanso no caminho entre Tóquio e Quioto, estando preservada de maneira a conseguirmos entrar nela e viajar no tempo, para o período Edo do Japão. 


Visitámos o Wakihonjin, uma das hospedarias onde os samurais e viajantes descansavam da viagem. O edifício foi construído no século XIX e está optimamente conservado.
Ficámos a saber como eram aquecidos estes edifícios, algumas tradições e até normas de etiqueta.




No andar de cima existiam mais "quartos", aos quais não tínhamos acesso e uma pequena exposição com bonecas. A nossa guia explicou-nos que é tradição no Japão celebrar o "Dia das Bonecas" (Hinamatsuri) no dia 3 de Março. Começou como uma forma de pedir protecção divina para as crianças da família, mas agora comemora-se em festivais. Se deixarem as bonecas expostas depois de dia 4 de Março, há uma superstição de que as raparigas da família casarão tarde.


De resto, passeámos pelas ruas, comemos gelado de castanha (algo típico da região) e comprámos um gatinho de madeira de souvenir. 






Espero que tenham gostado deste pedacinho de história japonesa!

Com amor,
Catarina

6 comentários:

  1. Que lugar tão bonito! Acho sempre super interessante saber mais acerca da história de um dado local bem como as suas tradições :)

    ResponderEliminar
  2. A gaja da foto é bué gata! Está bué fixe como sempre!

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Um dia :)
      Eu também estou cheia de vontade de voltar!

      Eliminar

Querido marquês ou marquesa, sente-te à vontade para "opinar" :)