terça-feira, 29 de maio de 2018

Uma Peça de Roupa (Desafio 1+3)

Este tema daria pano para mangas (desculpem, não resisti à piada fácil). 
Poderia falar de uma peça antiga, herdada, usada numa ocasião especial ou até oferecida por alguém que amo, mas quando li o email da Carolina pensei instataneamente numa peça que adquiri há três ou quatro anos atrás: um singelo crop top às riscas. Não porque seja a peça mais gira do meu armário, mas porque requer que eu sossegue e cale as minhas inseguranças quando o visto.
Nunca tive excesso de peso, mas a barriga é uma parte do meu corpo da qual nunca fui fã nem me senti muito confortável em mostrar. Só na praia e mesmo assim, quando estou com amigos ou pessoas não tão próximas, prefiro usar fato-de-banho. Para além de não ser lisa e não ter abdominais para mostrar, é uma zona onde se nota aquela linha de pelinhos, sabem? Tenho o cabelo escuro e, consequentemente, esses pelinhos também se vêm demasiado bem. Não tenho barriga de modelo e sabia-o.
Quando comprei este crop top era para utilizar apenas com saias e calças de cintura subida. Porém, um dia decidi deixar-me de larélias e aproveitar o sol para mostrar o umbigo ao mundo. E adivinhem: nada de mal aconteceu.
Sinto-me melhor agora a mostrar a barriga com 25 anos e 54 quilos do que aos 18 anos quando pesava 48. Nunca foi uma questão estética, eram só os monstros que estavam na minha cabeça.
Se gostam, usem. Quem se incomodar tem provavelmente também os mesmos monstros a dar-lhe inseguranças, por isso ataquem-nos com o vosso melhor sorriso e afastem-se bamboleando o vosso lindo corpo.


Para mais informações sobre este desafio vejam este post.

Com amor,
Catarina

(Publicação no âmbito do desafio 1+3, criado pela Carolina)

9 comentários:

  1. E que bem que te fica o top ;) Usa e abusa dele! É mesmo giro.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Daniela :) É voltar o calor que volta a sair do armário :)
      Beijinhos!

      Eliminar
  2. O top fica-te a matar e tu estás muito bem! Quem me dera estar nos 54 quilos mas isso também é um assunto que dá pano para mangas! Deixei-te um desafio no meu blogue, depois espreita! Beijinho *

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada Rita!
    Sim, estou no peso ideal para o meu metro e sessenta e é isso que me deixa tranquila, saber que acima de tudo estou saudável :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Que maneira original de começar uma publicação! O crop top fica-te mesmo bem e acho que é com o passar dos anos e o aumento do à vontade que vamos conseguindo que as peças começam a assentar-nos melhor e a ser mais a nossa cara. Adoro como te fica e o sorriso com que o vestes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Joaninha, que palavras tão queridas :)
      Beijinhos!

      Eliminar
  5. Te encontrei, linda marquesa!
    Eu sou um pobre marquês
    Sem dote, sem voz, sem vez
    Na mais extrema pobreza.

    O título meu, de nobreza,
    Herdei de um avô que fez
    Favor ao rei e talvez
    Ganhou como vela acesa

    Que não pode ir ao vento
    E eu sem ter documento
    Soprei a vela e então

    Com a liberdade vi luz
    No amor que pois, me conduz
    A paz do meu coração.

    Gostei do espaço, de tua imagem, do texto e do nome do blog bem bolado! Parabéns! Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  6. Com o tempo percebemos que há monstros que só vivem mesmo dentro das nossas cabeças e quando damos aquele primeiro passo só tem tudo para correr bem. Fica-te tão bem :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Querido marquês ou marquesa, sente-te à vontade para "opinar" :)