sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Catherine, a mini-estagiária #2

 Durante esta semana, aproveitei os meus finais de tarde livres para falar com o meu namorado, família e amigos, mas também para pesquisar os melhores pontos de interesse para visitar em Londres neste fim-de-semana que se avizinha. Já tinha aqui uma lista jeitosa e o que é que sucede hoje de manhã? Acordo com a garganta dorida.
 Como o ano passado por esta altura também me deu uma dor de garganta do género, que já estava a ameaçar ser amigdalite mas passou com Strepsils, apaziguei-me a mim mesma e informei-me onde eram as farmácias mais próximas. Só que durante o dia começo a fungar e a sentir aqui os meus seios nasais cheios de "nhanha". Usei o meu termómetro de vet (desinfectado!) e pelo menos não tenho febre.
 Entretanto, a meio de uma conversa com uma das enfermeiras veterinárias digo que estou a ficar constipada e devo dizer que ela quase me deixou com lágrimas de gratidão. 
Eu já tinha falado com ela porque tínhamos estado ambas numa cirurgia e parecia daquelas mulheres mesmo queridas. Para além disso tem um ar super maternal (não tivesse já dois rebentos) e foi por aí que me conquistou.
 Eu Catarina me confesso: ver uma mãe dá-me uma certa sensação de segurança. Se preciso de perguntar direções ou me sinto vulnerável num transporte público, é para junto das mães que me dirijo. Talvez por serem essas as sensações que a minha própria mãe me transmite, é assim que eu vejo as pessoas. Também se aplica um pouco aos pais, principalmente quando são cuidadosos com as crias.
 Mas voltando à enfermeira, ela foi logo buscar um papel para eu ficar com os nomes de uns medicamentos que ela aconselha para o meu caso e foi chamar a enfermeira-chefe para perguntar se eu podia sair mais cedo (também só faltava meia-hora). Digam lá se não foi uma querida?
 Por isso cá estou eu, já após ter tomado os fármacos que ela aconselhou e comido uma laranja (vem a mim vitamina C!) e a continuar a minha pesquisa de percursos turísticos em Londres, já que parece que este não será o fim de semana em que visito a cidade...
 (E btw, responsabilizo a 100% os ar-condicionados a 21ºC dos consultórios por esta gripe.)


Tenham um óptimo fim de semana!

Com amor,
A Marquesa

3 comentários:

Diogo Figueiredo disse...

As melhoras minha coisinha boa!

Your master;
<3

Vanessa disse...

Vai ficar tudo bem e vais conseguir visitar tudo o que queres.
Realmente quando temos pessoas no trabalho que nos dão uma certa segurança até parece que o trabalho corre melhor.
As melhoras.
Beijinhos.

Cláudia S. Reis disse...

Espero que cures rapidamente essa constipação!! As melhoras :)