quinta-feira, 13 de abril de 2017

Calças e a minha Auto-estima

 Uma das coisas que percebi quando fui à nutricionista é que estive magra demais. Isto reflectiu-se não só na mentalização de que tenho uma imagem distorcida do que deve ser um corpo saudável na minha cabeça, mas também no meu guarda-roupa.
 Tinha uma percentagem demasiado baixa de gordura corporal para o que uma mulher saudável deve ter, mas como não o sabia, continuava a achar que era uma falsa magra porque não tenho uma barriga com abdominais à mostra, o meu rabo não é empinadinho, tenho celulite e as minhas coxas são o dobro das normais modelos de roupa. Para mim foi muito importante ter valores concretos à minha frente, porque a verdade é que todos temos corpos diferentes e um corpo saudável não obedece a um molde de fábrica.
 Tinha algumas calças no armário que me serviam apenas em algumas alturas. Quando eu estava "melhor" achava eu. Portanto quando atingi um peso mais aconselhável e deixaram de me servir doei-as.
 Havendo esta pequena lacuna no meu arsenal de calças, dirigi-me a um centro comercial curiosa com uma promoção da H&M no 2º par deste tipo de peça. Fiquei desmotivada porque não havia calças que me fizessem sentir confortável. Normalmente ou me apertavam as coxas e ficavam bem na cintura, ou então as pernas ficavam bem mas a cintura encontrava-se em órbita. Se me ficava bem nesses dois locais, era o rabo que ficava achatado e apertado.
 Já me tinha dado por derrotada quando a minha mãe me perguntou se não queria passar pela Tiffosi, até porque já tenho dois pares da loja. E o quão a minha auto-estima subiu naqueles provadores. Não sei se é por ser uma marca portuguesa, mas a verdade é que tem em maior consideração as curvas que muitas mulheres têm. Melhor, eu sou baixinha e o modelo de calças pelo tornozelo ficou na medida perfeita. Gostei de um modelo com um ligeiro push-up e antes que tivesse de voltar tão cedo às compras, levei-o em duas cores diferentes.
 Também não resisti a esta camisa, às riscas navais e com um corte que deixa os ombros descobertos. Tem a minha cara.
 As sabrinas foram-me oferecidas no Natal pela mamacita, mas o meu habitual 36 teve que ser devolvido para um 35. Chamem-me doida, mas mesmo com este calor estou à espera de uma ocasião especial para estreá-las.





Tenham o resto de uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

3 comentários:

Tulipa Negra disse...

Ficam-te muito bem =)

-Valéria disse...

A camisa é tão linda!
Beijinhos :)
https://dailyvlife.blogspot.pt/

Diogo Figueiredo disse...

És linda <3

Your master;
<3