quarta-feira, 31 de maio de 2017

Salvadorcite

 Desde que ouvi a música "Amar Pelos Dois" pela primeira vez (quando houve polémica ainda na escolha da música para o Festival da Canção e o Miguel Araújo a partilhou), fiquei curiosa com o dono daquela voz cuja interpretação da música nos emocionava sem sabermos como.
 Nos recomendados do Youtube apareceu-me a audição do Salvador Sobral dos Ídolos. Reconheci-o da única temporada que assisti (pronto, a meio das galas fartei-me e fiquei por aí) deste programa. Já referi que o nome que gostava de dar a um filho meu era Salvador (aqui) e, nunca tinha admitido a ninguém até recentemente ao meu namorado, que se deriva de nunca ter conhecido ninguém com esse nome (em Leiria os betinhos são Joões, Jozés, Henriques e Franciscos com um segundo nome) até ver aquele rapaz com um ar fofinho, com bom gosto musical e que tinha atitudes românticas para a sua namorada. Por isso na altura associei o nome bonito a uma boa pessoa e ficou na minha lista.
 Não era super fã ou apaixonada por ele, tanto que nunca segui o seu percurso, mas foi uma bela surpresa ver o quanto ele conseguiu progredir na sua carreira musical e como se tornou num performer único. Estive a assistir ao concerto dele que passou na RTP e parece continuar fofinho na interação com as pessoas (e, admito, charmoso e giro).
 Só sei que não me importava de receber o CD dele para ouvir no carro. *just saying*

Aqui fica uma das minhas músicas preferidas, em que dá voz ao poema Presságio de Fernando Pessoa.
(A música começa aos 3:21)


Para acabar, devo dizer que aproveitei esta nova panca para me tentar motivar para a minha lenta escrita da tese de mestrado.

Tenham o resto de uma óptima semana!

Com amor,
Catarina

3 comentários:

Inês disse...

Acho que foi uma surpresa para muitas pessoas e a descoberta de um artista que precisava de ser descoberto. Fiquei fã da voz e da sua interpretação das canções. É incrível.

Diogo Figueiredo disse...

Registado!

Your master;
<3

Tim disse...

é um cantor que veio marcar pela diferença... ele só quer cantar, nada mais