domingo, 4 de junho de 2017

Biblioteca da Marquesa - A Rapariga de Antes

Este ano, felizmente, tenho tido mais tempo para ler. Estamos no 6º mês do ano e estou a iniciar-me no 8º livro de 2017.
 No meu aniversário recebi "A Rapariga de Antes", um thriller com óptimas críticas na contracapa.
 Embora não leia muito este género (sou principalmente uma miúda de Fantástico) fiquei curiosa.
 O livro fez-me lembrar muito "A Rapariga no Comboio", não só por ter sido dos únicos livros que já li do mesmo género, mas por também ser narrado alternativamente por duas mulheres em momentos diferentes.
 A mulher de "antes" é Emma, cujo assalto na antiga casa faz com que deixe de se sentir segura e decida mudar-se com o namorado Simon. A mulher de "depois" é Jane, uma mulher que acabou de sofrer a morte da sua bebé, o que acabou por afectar a sua vida profissional.
 O que estas personagens têm em comum é que, por motivos de segurança e económicos respectivamente, candidatam-se a uma casa com arquitectura deslumbrante e a tecnologia mais avançada. O problema é que o arquitecto, Edward Monkfort, tem uma lista interminável de regras sobre a maneira como se deve viver na casa. Isto se conseguirem ser aprovados num questionário cheio de perguntas íntimas e dilemas éticos primeiro.
 Na minha opinião, é um livro interessante e cuja parte thriller faz o seu efeito. Houve certas partes em que sentia que tinha de ler mais um pouquinho para não ir dormir com aquele nervosinho pelas teorias que se formavam na minha cabeça.
 Gostei da escrita, mas dispensava algumas cenas sexualmente explícitas pelo meio que nem percebi bem o que acrescentavam à história...
 Por último, gostei do final e das reviravoltas que a história deu. Pessoas veteranas de policiais (aposto que vai acontecer com a minha mãe) podem não se surpreender por não confiarem nos escritores, mas eu sou inocente neste tipo de histórias.


Já ouviram falar do livro? Gostam de thrillers ou preferem outros géneros literários?


Tenham uma óptima semana!

Com amor,
Catarina

1 comentário:

Diogo Figueiredo disse...

Gosto do Calvin&hobbes!

Your master;
<3