terça-feira, 18 de outubro de 2016

Guia para Londres - Introdução e algumas dicas rápidas

Nas minhas 3 semanas de estágio numa pequena cidade (Sidcup) a 30 minutos de comboio da capital inglesa, tive a oportunidade de passar dois dos três fins de semana de folga a explorar um bocadinho Londres.
 Já tinha conhecido a cidade, há uma década atrás com os meus pais. Muita coisa permanece igual, mas o facto de viajar, planear e caminhar sozinha mudou completamente as minhas perspectivas.
 Aqui estão alguns conselhos em relação ao turismo desta cidade:

1. Segurança
Senti-me tão segura por andar pelas ruas londrinas, como pelas de Lisboa sozinha. Ou seja, sinto-me à vontade mas sempre alerta a qualquer pessoa ou situação que se possa revelar um perigo. Porém, tenham imenso cuidado com os "pickpocketers", que actuam nas multidões e conseguiram roubar o telemóvel do bolso do meu pai em plena Hamleys da última vez.

2. Dinheiro
Tentem arranjar libras ainda antes de irem para o Reino Unido, just in case. Conseguem levantar dinheiro em qualquer multibanco, mas o meu cartão de débito não funcionou no terminal multibanco em vários estabelecimentos.

3. Tomadas
Tive a sorte de, assim que cheguei, reparar que estavam a ser vendidos adaptadores para a tomada do Reino Unido numa loja do aeroporto. Acredito que alguns hotéis forneçam adaptadores, mas just in case comprem um adaptador para poderem carregar os vossos aparelhos eletrónicos.

4. Transportes
 Dependendo do tempo que despenderem e do percurso que pretendem fazer, provavelmente irão usar transportes públicos. No metro podem comprar o bilhete nas máquinas ou bilheteiras próprias, mas nos autocarros já não é aceite dinheiro, portanto terão que viajar com um passe eletrónico (que mais uma vez podem adquirir numa bilheteira) - o Oyster Card. Se andarem bastante a pé, mais vale carregarem o passe apenas para o que necessitarem, mas se utilizarem com frequência ponderem obter um passe diário (custa cerca de 12 libras) ou semanal.
 Na minha experiência, a melhor maneira de conhecer a cidade é a pé, seguida de autocarro. O metro, embora não nos permita ver (no verdadeiro sentido da palavra) Londres, é muito mais rápido e o mapa relativamente intuitivo. Mind the gap!

5. Comida
Deparei-me com uma realidade, que começa só agora a germinar em Portugal, de se ir buscar comida já feita (sandes, saladas...) a supermercados. É uma maneira barata e relativamente saudável de se comer em Londres. De qualquer maneira existe muita comida e variada, mas a "street food" internacional em alguns locais de Londres ganhou o meu coração.

6. Casas-de-banho
Praticamente todas as casas-de-banho públicas são pagas. Desde 10 a 50 pence, tendo que ser pago em moedas certinhas (andem sempre com trocos na carteira). Costumam ter água quente e também bebedouros.

7. Clima
Obviamente que vai depender da época do ano e podem sempre contar com os serviços de metereologia para terem uma ideia, mas o meu conselho é irem preparados para tudo. Fui em Agosto e apanhei tanto dias solarengos com imenso calor, como dias cinzentos e com chuva (safei-me por ter levado um impermeável de meia-estação). Se forem preparados para o Inverno, vistam-se por camadas devido ao aquecimento dos edifícios.


8. Britânicos

Sempre que pedi indicações, os ingleses foram muito educados e prestáveis. São muito apologistas do seu espaço pessoal e de poderem andar nos transportes sem qualquer interação social, mas também gostam de ajudar.

9. Compras
Se quiserem ir às lojas clássicas ficam muito bem servidos na Regent ou Oxford street, mas se querem presentes originais recomendo vivamente Camden Town. tanto pela diversidade como pelos preços bem simpáticos.

10. Links úteis
Mapa Autocarros (com principais atrações)

3 comentários:

Tulipa Negra disse...

Por acaso costumo aplicar a dica da comida mesmo cá em Portugal, isto claro, quando tenho um supermercado por perto.

Diogo Figueiredo disse...

Mal posso esperar por ler mais :)
Davas uma grande assistente de viagem!

Your master;
<3

R disse...

Adorei o post... sempre quis ir a Londres e agora fiquei ainda com mais vontade :)