terça-feira, 5 de abril de 2016

10 perguntas que fazem (constantemente) a estudantes de medicina veterinária

Depois de quase 5 anos de curso, já tenho quase o "rolar de olhos" activado para quando alguém faz piadinhas ou perguntas um pouco tolas sobre a minha área.
 Não levo a mal quando vêm de amigos meus, cujo sentido de humor e curiosidade eu consigo decifrar e compreender.
 Mas quando são conhecidos, pessoas de fora ou alguém com que nunca falei antes, apenas consigo manter um sorriso amarelo na cara e responder cordialmente.
 Sem mais demoras, aqui estão as perguntas e as respostas que aparecem na minha mente.

-Já puseste a mão no rabo da vaca?
(99% das vezes é a primeira pergunta que me fazem quando digo de que curso sou.)
A vacas e não só, faz parte do exame clínico dos animais.

-Já foste mordida por um cão?
Felizmente nunca me aconteceu, mas de qualquer maneira somos ensinados a prevenir que isso aconteça.

-O meu cão tem isto, isto e isto, o que achas que pode ser?
Ou dou numa de Maya e mando um diagnóstico ao calhas, ou então tenho que ver o animal presencialmente. E para "amigos" é favor pagar a consulta se faz favor.

-O meu cão fez um cocó de cor estranha, vou-te enviar a foto.
???

-O meu gato tem este problema, o que é que eu posso fazer?
Levá-lo a um veterinário. (Vá, às vezes se for algum problema só de comportamento pode-se sempre dar umas dicas)

-Tens que ir lá a casa conhecer o meu cão.
Adorava, mas vou sempre desconfiada que seja para uma olhadinha nalgum nódulo ou sabe-se lá o quê.

-Não tens nojo das pulgas e carraças?
Um bocadinho, por isso é que uso luvas. Mas é aí que se põem os desparasitantes em acção!

-Já tiveste que abater algum animal? Eu não conseguia 'tadinhos!
Infelizmente já e espero bem que nunca saibas o que é um verdadeiro animal 'tadinho a "viver" em sofrimento.

-Encontrei um animal abandonado, podes tratar dele?
Sou quase veterinária, mas não tenho nenhuma associação de animais abandonados. Nunca direi não a ajudar, ou a ficar com algum animal (temporariamente) se tiver possibilidade de o fazer. Mas não sou eu a responsável por isso.

-Mas vocês também têm especialidades?!
Em Portugal ainda não há universidades que façam especializações, mas por todo o mundo há faculdades de especialização, tal como nos humanos. Desde Cardiologia, Neurologia, Nutrição, Dermatologia, Comportamento... Também há quem se especialize em algumas espécies.


Fora de brincadeira, se tiverem alguma dúvida ou questão a que eu possa responder estão à vontade!

Desejo-vos uma óptima semana!

Com amor,
A Marquesa

1 comentário:

Diogo Figueiredo disse...

That funny side again :)

Your master;
<3